sábado, 23 de janeiro de 2021

TIMON: Parlamentares timonenses fiscalizam asfaltamento no bairro Parque Alvorada

Um grupo de vereadores timonenses estiveram na manhã deste sábado, 23, fiscalizando obras de asfaltamento de ruas do bairro Parque Alvorada, junto com o deputado estadual Rafael Leitoa, autor das emendas para a pavimentação das ruas.

Além do presidente da Câmara de Timon, vereador Uilma Resende, também estiveram presentes os parlamentares Professora Vanda, Irmão Francisco, Alynne Macêdo, Drº Torquato, Jorge Passos, Neto Peças e Kaká do Frigo Sá.

 O presidente Uilma Resende informou que o deputado Rafael garantiu o asfaltamento de mais de 16 km de ruas em Timon, que estão sendo executadas desde o ano passado. "Por meio do asfaltamento dessas ruas o deputado Rafael está proporcionando melhorias na qualidade de vida da nossa população".

 Os vereadores Neto Peças e Drº Torquato, moradores da região do Parque Alvorada, destacaram que obras como o asfaltamento possuem um grande impacto na vida das pessoas, garantindo às pessoas maior facilidade de locomoção, melhora o acesso de serviços como ambulâncias e até a segurança. "Por isso estamos aqui para verificar a qualidade das obras e para agradecer o empenho do deputado Rafael Leitoa que garantiu mais esse benefício para Timon", destacou Drº Torquato.


sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

PI: Empresário Emerson Silva é condecorado com a Medalha do Mérito Renascença no Grau Cavaleiro

Emerson Silva recebeu a honraria das mãos do governador Wellington Dias (PT), durante solenidade na cidade de Piracuruca, no Norte do Piauí

Emerson Silva e o governador Wellington Dias 

O empresário Emerson Silva foi condecorado nesta sexta-feira (22), com a Medalha do Mérito Renascença - Grau Cavaleiro, durante solenidade que marcaram as atividades alusivas pelas comemorações do 198º aniversário da adesão do Piauí à Independência, no município de Piracuruca. Devido às recomendações sanitárias as solenidades tiveram um público reduzido e foram transmitidas pelas redes sociais do governo e pela TV Antares, ao vivo.

Emerson Silva recebeu a honraria das mãos do governador do Piauí, Wellington Dias (PT), sendo aplaudido pelas autoridades convidadas e outros homenageados durante o ato solene. Ele é bacharel em Administração de Empresas e pós-graduado em Gestão Pública e Gerências de Cidades. Atualmente, Emerson Silva é empresário do ramo de Comunicação Visual, em Teresina, a capital do Piauí. 

Empresário Emerson Silva 

Além de empresário bem sucedido, Emerson Silva atua também como militante político no município de Alto Longá, onde tem base familiar.



Na foto acima: Major Audivan Nunes, Cel. Lindomar Castilho, Emerson Silva e Capitão David Marrion 

 Wellington Dias justificou as homenagens:

“É um momento de gratidão, de orar pelos nossos heróis do passado, pois temos muita gratidão pelo que aconteceu em 22 de janeiro de 1822, aqui em Piracuruca, onde homens e mulheres enfrentando os portugueses na Lagoa do Jacaré contribuíram para garantir a independência do Piauí, dentro da Independência do Brasil. Devemos homenagear também os heróis do presente que têm muitas atividades, tarefas e ocupações que ajudam a construir um Piauí mais desenvolvido”, comentou o governador Wellington Dias.

  

Câmara de Timon realiza primeira audiência pública de 2021 para discutir a convocação de professores concursados

 

Na manhã desta sexta-feira, 22, a Câmara Municipal de Timon realizou audiência pública para discutir a convocação de professores aprovados e classificados em concurso público realizado pela prefeitura de Timon em 2019. Após a primeira reunião da Câmara de Timon com a categoria, na segunda-feira, 18, a prefeitura realizou a convocação dos 168 aprovados, na última quarta-feira, 20. Ao todo ainda há 336 professores classificados no concurso público e que aguardam convocação.

O presidente da Câmara Municipal de Timon, vereador Uilma Resende classificou como muito positiva a realização da audiência pública e destacou que os professores estão lutando por seus direitos e que por isso têm o apoio da Câmara de Timon.

"A discussão de hoje foi feita para ouvirmos as partes e tentarmos entrar em consenso e para isso a Câmara fez um encaminhamento que é para que a prefeitura garanta a convocação dos 336 professores classificados, para que sejam convocados até o final da validade do concurso, sendo 112 convocados por ano, e para isso a Câmara se compromete a colocar no orçamento de cada ano a previsão de contratação dos mesmos", destacou Uilma Resende.

A advogada e professora Lina Brandão, que representa a comissão de professores ressaltou que a audiência pública foi importante mas os professores cobram da secretaria de Educação e da prefeitura de Timon que formalize um prazo ou um cronograma para a convocação dos professores classificados. A advogada também afirma que a prefeitura de Timon está preterindo os professores classificados no concurso para fazer a contratação de celetistas, por meio de processo seletivo, onde o único processo de avaliação é a análise de currículo.

"Vamos aguardar a resposta da prefeita com relação à proposta que foi apresentada pelo presidente da Câmara, que deu um prazo, ele vai enviar a ata dessa audiência pública, e após essa resposta dela e já adianto que nós iremos judicializar, tanto dentro de uma ação civil pública ou de um mandado de segurança coletivo. Iremos também acionar a prefeitura de Timon com relação a alguns outros pontos de relevância à lei criminal. Nós nos municiamos de todas as provas e há indícios suficientes de que está havendo uma preterição dos classificados para colocar celetistas", pontuou Lina Brandão.

O secretário municipal de Educação, Samuel Sousa Silva, afirmou que a audiência foi muito válida e destacou a importância da luta da categoria por seus direitos. "É muito importante que os professores estejam reivindicando seus direitos, suas necessidades, mas assim, a primeira etapa do concurso público já foi cumprida, que é a convocação dos aprovados, em todos os concursos públicos sempre fica uma lista de classificados em espera para o surgimento de novas vagas para serem convocados e é isso que nós acordamos, que durante a vigência do concurso, as vagas que forem surgindo vão sendo convocadas e a gente acredita que até o final da vigência todos os classificados serão convocados".

 Fonte: Ascom/Câmara de Timon

Projeto prorroga até abril pagamento do auxílio emergencial, com valor de R$ 600

Benefício foi pago de abril a dezembro do ano passado e, em seguida, foi extinto

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados 

O Projeto de Lei 5650/20 prorroga o pagamento do auxílio emergencial como medida de enfrentamento à pandemia de Covid-19, com valor de R$ 600, até abril deste ano. O auxílio foi criado pela Lei 13.982/20 para atender pessoas em situação de vulnerabilidade social durante a emergência de saúde pública provocada pela doença. O projeto tramita na Câmara dos Deputados.

Pago desde abril de 2020, sendo as cinco primeiras parcelas de R$ 600 e as quatro últimas de R$ 300, o auxílio emergencial acabou extinto em 31 de dezembro do ano passado, juntamente com o fim da vigência do decreto 6/20, que reconheceu a situação de emergência de saúde no País.

Autor do projeto, o deputado Chiquinho Brazão (foto), do Avante-RJ,  avalia que as vantagens sociais e econômicas trazidas pelo auxílio emergencial devem ser mantidas. “Ainda que de forma temporária, o benefício contribuiu para reduzir o índice de pobreza da população e para manter a atividade econômica”, diz Brazão.

"Caso o auxílio não tivesse sido oferecido desde abril de 2020, o índice de pobreza teria saltado para 36% durante a pandemia. Além da queda de renda da população, o fim do benefício vai afetar a arrecadação de estados e municípios e os pequenos comércios locais”, acrescentou.

STF

Uma liminar concedida pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), em 30 de dezembro de 2020, garantiu a prorrogação das medidas sanitárias de enfrentamento à pandemia, mas não prorrogou o decreto que reconheceu o estado de calamidade pública nem o pagamento do auxílio-emergencial.

Na prática, com o fim do estado de calamidade, o governo volta a ficar submetido às imposições da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), sendo obrigado a cumprir metas de execução do orçamento e limites de endividamento e de gastos com pessoal, o que reduz sensivelmente os recursos disponíveis para financiar políticas de assistência social e ações emergenciais na saúde e no setor produtivo.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Fonte: Agência Câmara de Notícias

 

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Professora Vanda reúne mulheres e discute propostas que serão apresentadas na Câmara Municipal de Timon

Ao final do encontro, foi servido farto café da manhã para as mulheres participantes convidadas.


REGISTRO: A vereadora Professora Vanda (PROS) reuniu nesta quinta-feira (21) mulheres representantes de vários segmentos da sociedade timonense, seja no campo da política partidária, seja no campo da educação, seja no campo empresarial ou seja no campo do movimento comunitário. Na ocasião, foram discutidas propostas voltadas para as mulheres em diferentes idades e que serão amplamente defendidas pela parlamentar em seu primeiro mandato na Câmara Municipal de Timon.

Estiveram presentes as representantes dos partidos políticos: Francileia (presidente do PROS Mulher) e Dóris Andreia (presidente Municipal do Republicanos de Timon) e mulher do ex-candidato a prefeito Comandante Schnneyder. Participaram também da reunião as professoras Ana Socorro e Socorro Batista, dentre outras mulheres de vários bairros de Timon.  Assim, todas as mulheres manifestaram total apoio ao mandato da Professora Vanda que se iniciou em janeiro de 2021.

Nesse sentido, a vereadora Professora Vanda prometeu levar a sério cada sugestão apresentada em defesa dos direitos das mulheres, bem como cobrar políticas públicas eficientes junto aos governos municipal e estadual.

Ao final do encontro, foi servido farto café da manhã para as mulheres participantes convidadas.


Diretora da UPA de Timon manifesta sua felicidade com a aplicação da vacina nos colaboradores daquela casa de saúde

Ana Patrícia Bringel Resende usou suas redes sociais e fez agradecimento às autoridades que deram apoio no enfrentamento da batalha contra a Covid-19 


A diretora da Unidade de Pronto Atendimento – UPA, de Timon, Ana Patrícia Bringel Resende, usou suas redes sociais nesta quinta-feira (21) para manifestar a felicidade pelo início do processo de imunização dos servidores, ou seja, colaboradores com a aplicação da vacina que previne contra a Covid-19, naquela casa de saúde.   “Um momento memorável para toda a equipe, que foi e é linha de frente no enfrentamento do novo coronavírus. A chegada da vacina abre um novo ciclo, onde a esperança se faz presente e a confiança se torna maior. A equipe segue cheia de entusiasmo e todos serão imunizados nos próximos dois dias”, escreveu Ana Patrícia Bringel Resende, em sua página no Facebook, como forma de agradecimento às autoridades na área de saúde do Maranhão.

Na postagem, ela fez questão de agradecer imensamente ao governador Flávio Dino, ao secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, ao presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares - EMSERH, Marcos Grande, pelo apoio necessário dando todo suporte para o enfrentamento da batalha, que hoje tem sua história mudando, onde o medo se transformou em esperança através da imunização dos colaboradores da UPA de Timon.

Mais adiante, Ana Patrícia Bringel agradeceu também ao secretário Municipal de Saúde, Jefferson Veras, na questão do apoio logístico e pela sensibilidade de disponibilizar a vacina para toda a equipe da UPA de Timon. Bringel não esqueceu de agradecer no mesmo espaço ao superintendente da Rede SES, Dr. Candilberto, que esteve pessoalmente prestigiando esse momento tão importante para todos que fazem parte da UPA de Timon. 

A primeira colaboradora da referida unidade a ser imunizada foi a Dra. Elza, médica que transita na UPA da porta de entrada até as áreas mais restritas. 



quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Descalabro administrativo na gestão Gentil leva a um verdadeiro caos em Caxias

 

Prefeito Fábio Gentil: governo desorganizado 

Em Caxias, na Região dos Cocais, a desorganização na gestão do prefeito Fábio Gentil (Republicanos), que ocupa o segundo mandato consecutivo, já está sendo comparada como uma situação de descalabro administrativo. Diante disso, não são poucas as reclamações recebidas diariamente pelo blogdoademarsousa.com.br, dando conta do verdadeiro caos que se instalou naquele município.

Para se ter uma ideia clara da gravidade dessas reclamações pela falta de compromisso, os veículos de algumas secretarias municipais estariam sem poder abastecer nos postos de combustíveis cadastrados, pois o fornecimento para a prefeitura está devidamente suspenso. Segundo informações encaminhadas à redação deste blog, os médicos e outros profissionais de saúde não estão conseguindo realizar atendimentos na zona rural de Caxias, por absoluta falta de combustível nos veículos da pasta. Pelo jeito, isso remete a ‘caso de polícia’ ou uma ação enérgica do Ministério Público do Estado - MPE.

DERROTA

Na eleição que elegeu a nova diretoria da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão -  FAMEM, o prefeito Fábio Gentil saiu derrotado mesmo com o apoio do governador em exercício Carlos Brandão (Republicanos). Em resumo: ele abandou a sua gestão. Com isso, nomeou o mínimo de secretários possíveis e, de lá para cá, ninguém sabe quem vão assumir as pastas ainda sem indicações.

ATRASO

A situação de descaso se arrasta desde a primeira gestão de Fábio Gentil. Por exemplo, as máquinas que prestam serviços no setor de limpeza pública do município, seguem com seis meses sem receber pagamentos. E pior, é que os proprietários já não suportam mais o atraso sem expectativa de solução nesse caso. Nesse sentido, existe uma informação extraoficial de que está sendo agendada manifestação de protesto contra a desorganização financeira do Governo Gentil, que de gentil só existe o sobrenome.

Novas denúncias continuam chegando à redação deste blogdoademarsousa.com.br pelo telefone: (86) 98815-6479 (WhatsApp). Aguardem mais informações a qualquer momento.

Diretor do Alarico Pacheco, Dolival Andrade tranquiliza sobre a Covid-19 e fala sobre o grupo Leitoa

Diretor do Hospital Alarico Pacheco, Dolival Andrade 

 O diretor geral do Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco, Dolival Andrade, procurou nesta quarta-feira (20) o eliaslacerda.com para falar sobre a situação dos atendimentos a pessoas com o novo coronavírus naquela unidade de saúde, referência para o tratamento mais grave de pacientes com a doença.

Esclarecendo sobre a matéria que fizemos no último sábado (16) sobre o avanço da doença em Timon (reveja clicando aqui), Dolival informou que a situação no município e na região de cobertura do hospital, apesar de exigir atenção, não é de desespero. “Estamos atentos e o ambiente não é de assustar ou colocar terror. A doença está com índices de transmissibilidade relativamente controlados, mas não podemos relaxar. Dos 10 leitos destinados a pacientes com Covid-19, seis estão ocupados”, disse ele.

Dirigindo o hospital desde junho de 2017, Dolival destacou o papel importante que aquela unidade exerce para a saúde pública na região. “Além desse trabalho importantíssimo na recuperação dos paciente da Covid-19, nos últimos anos só temos observado avanços no hospital.  Para se ter uma ideia, quando chegamos ao hospital só faziam cirurgias obstetras e cesarianas. Nós colocamos cinco novas modalidades de cirurgias como urologia, pediatria, vascular, proctologia e ginecologia, onde em mutirões acabamos com filas enormes de espera por uma cirurgia do hospital que duravam anos. Isso foi apenas uma das várias outras conquistas alcançadas”, destacou.

A situação política

Provocado pelo jornalista Elias Lacerda sobre sua opinião a respeito de uma possível e cada vez mais real ruptura política entre o grupo Leitoa e o deputado estadual Rafael Leitoa, Dolival Andrade disse não desejar que isso ocorra, mas caso se concretize, já tem sua posição política. “Vou ficar no lugar onde sempre estive desde 1987, quando me filiei no PDT. Minha posição é essa. Não vou deixar de votar no senador Weverton Rocha para votar em outro candidato a governador. A não ser que haja um entendimento entre o governador e o senador”, disse ele.

O racha envolvendo o grupo Leitoa e o deputado estadual Rafael Leitoa tem sido o assunto do momento na imprensa local. Nos bastidores o deputado tem dito que ficará com uma candidatura que o governador Flávio Dino apoiar, seja ela a do atual vice-governador Carlos Brandão ou a do senador Weverton Rocha. Entretanto, num cenário de disputa envolvendo Brandão contra Weverton Rocha, é certo que o grupo Leitoa fica com o senador do PDT, o maior nome do partido hoje no estado.

Com informações do Blog do Elias Lacerda