domingo, 24 de maio de 2020

Auxílio Emergencial: Em coletiva virtual, presidente da Caixa anuncia novo aplicativo



O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse neste sábado, 23, durante entrevista coletiva virtual, que a instituição realizou neste sábado mais uma etapa do pagamento do Auxílio Emergencial de R$ 600. Conforme ele, há no mínimo três semanas não há filas nas agências para receber a ajuda implementada para socorrer famílias durante a crise provocada pelo novo coronavírus.

Ele antecipou que a Caixa anunciará nas próximas semanas um novo aplicativo que ajudará a melhorar a questão tecnológica para os clientes. "Teremos um anúncio excelente e transformacional que vai melhorar ainda mais a confiança e a segurança do cliente", afirmou, acrescentando que a medida atenderá todos os 27 Estados mais o Distrito Federal.

Neste sábado, segundo a Caixa, 2,1 milhões de beneficiários receberam o auxílio, que foram as pessoas nascidas entre maio e julho.

Foram, de acordo com Guimarães, 901 agências que ficaram abertas para atender ao público. "Tivemos pouca fila, ou quase nenhuma, ao contrário de semanas atrás. Portanto, não há necessidade de a pessoa chegar de madrugada. Sempre tentem evitar chegar muito cedo, pois todos serão atendidos", disse.

"Hoje, mais 5,2 milhões de brasileiros receberam o depósito por via digital e, nesta semana, batemos o recorde ao pagarmos 35 milhões de brasileiros, sendo pagos R$ 1,3 bilhão", afirmou Guimarães.

Fonte: Estadão Conteúdo

sábado, 23 de maio de 2020

Bebê de dois meses morre por Covid em Timon; primeiro óbito de criança

Imagem ilustrativa/Internet


O município de Timon, no Maranhão, que faz divisa com o Piauí, registrou a primeira morte de criança por Covid: um bebê do sexo masculino de apenas dois meses de idade, residente no bairro Centro Operário. Ele é a vítima fatal mais nova na cidade que ontem (22) registrou também a morte de uma idosa de 105 anos que era hipertensa e morava na Vila Angélica.

Dados mais recentes da Secretaria Municipal de Saúde de Timon revelam que, até o momento, são 849 casos notificados, 340 suspeitos, 329 descartados, 180 confirmados, 48 recuperados e 08 óbitos.

Na cidade, o coronavírus tem infectado mais as mulheres que representam 56,11% do total de casos. Em relação à faixa etária, as pessoas entre 30 a 39 anos são as que mais têm contraído a doença. A Covid também infectou 37 profissionais de saúde, sendo que 12 já se recuperaram.

O boletim aponta ainda que as pessoas infectadas pelo novo coronavírus estão presentes em 43 bairros da cidade. Em pouco mais de um mês, Timon saiu de 04 casos para 180.

Assim como na Capital do Piauí, o município maranhense segue com decreto de isolamento social que permite o funcionamento apenas de atividades consideradas essenciais.

(Com informações de Graciane Sousa, do portal cidadeverde.com)

sexta-feira, 22 de maio de 2020

General Heleno fala em 'consequências imprevisíveis' se celular de Bolsonaro for apreendido


General Heleno, chefe do GSI  Foto: Alan Santos/PR
O chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, disse que uma eventual apreensão do celular do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) poderá ter "consequências imprevisíveis".

Em nota divulgada na tarde desta sexta-feira (22), o ministro criticou o ato do ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), que encaminhou à PGR (Procuradoria-Geral da República) pedidos de partidos e parlamentares de oposição para que o celular do presidente seja apreendido e periciado.

Em nota, o general Heleno considerou o pedido do decano, que se trata de uma praxe, algo "inconcebível" e "inacreditável". Para ele, "seria uma afronta à autoridade máxima do Poder Executivo e uma interferência inadmissível de outro Poder, na privacidade do Presidente da República e na segurança institucional do país".

"O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República alerta as autoridades constituídas que tal atitude é uma evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional", diz o general.

As três notícias-crime também solicitam que o Supremo determine a apreensão do aparelho telefônico de um dos filhos do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), além de requererem a coleta de depoimento do presidente.

As representações chegaram ao Supremo logo após Sergio Moro pedir demissão do Ministério da Justiça e Segurança Pública, em 24 de abril, com graves acusações a Bolsonaro.

Segundo o ex-juiz da Lava Jato, o presidente o pressionou pela troca da direção-geral e superintendência da PF do Rio de Janeiro com intuito de interferir no trabalho da corporação, o que viola a autonomia da PF prevista em lei.

As notícias-crime foram apresentadas pela deputada federal Gleisi Hoffmann (PT-PR), pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT-BA), e pelas bancadas do PDT, PSB e PV.

Segundo Celso de Mello, cabe à PGR a analisar as acusações que constam nas representações. O decano do STF afirmou que é dever do Estado apurar a "autoria e a materialidade dos fatos delituosos narrados por qualquer pessoa do povo".

"A indisponibilidade da pretensão investigatória do Estado impede, pois, que os órgãos públicos competentes ignorem aquilo que se aponta na 'notitia criminis', motivo pelo qual se torna imprescindível a apuração dos fatos delatados, quaisquer que possam ser as pessoas alegadamente envolvidas, ainda que se trate de alguém investido de autoridade na hierarquia da República, independentemente do Poder (Legislativo, Executivo ou Judiciário) a que tal agente se ache vinculado", escreveu o ministro do STF.

O decano da corte é o relator do inquérito que apura as acusações de Moro contra Bolsonaro.

O vereador Carlos Bolsonaro usou as redes sociais para questionar a celeridade do encaminhamento dado pelo ministro às notícias-crime.

"Meu celular? Enquanto isso os do ex-piçóu Adélio protegidos há mais de um ano, processos contra Botafogo, Calheiros e outros sentados em cima há anos. Que crime teria cometido para tamanha velocidade e abuso? Nenhum. A narrativa do sistema continua em pleno vapor!", afirmou.

Fonte: Folhapress


INVESTIMENTO: Compre agora terreno a 200 metros da Praça São José, no centro de Timon (MA)



Surgiu a grande oportunidade para você comprar um terreno (imóvel) bem localizado estrategicamente a 200 metros da Praça São José, no centro de Timon (MA). E mais: fica a 2 Km do centro de Teresina, a capital do Piauí, bastando apenas atravessar a Ponte Presidente José Sarney, a Ponte da Amizade, sobre o Rio Parnaíba, que divide as duas cidades.

Com valor a ser tratado mediante a negociação, o terreno mede 12X40 metros, sendo uma área de 480 metros quadrados. Já pensou comprar um imóvel no centro de Timon? Então, chegou a hora! Pois bem: ligue agora mesmo para tratar com Reginaldo Oliveira e garanta logo o negócio. Telefone: (86) 98807-6918 (WhatsApp).


Boletim desta quinta-feira (21) informa 6 óbitos e 162 casos da Covid-19 em Timon


Confira a atualização do boletim epidemiológico sobre a COVID-19 em Timon – 21/05/2020


A Secretaria Municipal de Saúde atualizou os dados referentes aos casos da COVID-19 em Timon na noite dessa quinta-feira (21).

De acordo com o levantamento, são: 790 casos notificados, 327 casos suspeitos, 301 casos descartados, 162 casos confirmados, 46 recuperados e 06 óbitos.

Sobre o registro mais recente de óbito, trata-se de paciente do sexo feminino que tinha 78 anos de idade. A idosa, que era diabética e hipertensa, faleceu no Hospital São Paulo, em Teresina. Ela morava no centro de Timon.

Na gestão de atendimentos dos casos confirmados:

(105) em isolamento domiciliar (46) recuperados (06) óbitos (02) internação em enfermaria (03) internação em UTI

Avaliando pela faixa etária dos pacientes confirmados para COVID:

De 0 a 9 anos: 4

10 a 19 anos: 9

20 a 29 anos: 32

30 a 39 anos:48

40 a 49 anos: 34

50 a 59 anos: 13

60 a 70 anos: 10

+ de 70 anos: 11

não informado: 1

Em relação ao sexo dos pacientes infectados com o novo coronavírus: 71 pacientes são homens, o que equivale a 43,83% dos casos. E 91 são mulheres, o equivalente a 56,17% do total de casos da doença.

Entre os casos registrados envolvendo profissionais de saúde: 33 foram confirmados e 12 recuperados. Confira aqui a íntegra do boletim epidemiológico da Covid-19 de Timon.

(Fonte: Ascom/PMT)

quinta-feira, 21 de maio de 2020

Governo do Piauí decreta medidas mais rígidas para o final de semana

As ações têm por objetivo aumentar o índice de isolamento social em todo estado

Governador Wellington Dias

Para contribuir com os índices de isolamento social e combate ao novo coronavírus, o município de Teresina antecipou o feriado do dia 8 de dezembro para a próxima sexta-feira (22). O Governo do Estado também decretou medidas para os dias 22, 23 e 24 de maio para fortalecer ações de enfrentamento à Covid-19. O Piauí tem hoje 2.852 casos confirmados da doença e já apresenta 73% de ocupação de leitos clínicos e 57% de ocupação dos leitos de UTI. Veja aqui o novo decreto estadual.

Sábado (23), ficam garantidos o funcionamento de:

– Farmácias, drogarias e serviços de saúde
– Mercados, supermercados, panificadoras e padarias
– Postos de combustível e borracharias
– Serviços de delivery
– Segurança e vigilância
– Pontos de alimentação localizados às margens de rodovias
– Serviços de transportes de cargas
– Serviços bancários exclusivos para pagamento de auxílio emergencial, benefícios sociais e autoatendimento
– Atividades agrícolas e agroindustriais.

Domingo (24), poderão funcionar apenas:

– Farmácias, drogarias e serviços de saúde
– Imprensa
– Serviços de segurança e vigilância
– Serviços de delivery exclusivamente para alimentação e serviços de autoatendimento bancário
– Borracharias, postos de combustíveis, pontos de alimentação localizados às margens de rodovias, serviços de transporte de cargas e atividades agrícolas e agroindustriais

Os serviços de transporte intermunicipal de passageiros na modalidade rodoviário, classificados como convencional, alternativo, semiurbano e/ou fretado, ficarão suspensos na sexta, sábado e domingo, iniciando a suspensão a partir das 24h do dia 21 de maio até as 24h do dia 24 de maio.

Para o governador Wellington Dias, estas são ações importantes neste momento em que é necessário diminuir casos para não colapsar a rede de saúde. “O município de Teresina sancionou um projeto aprovado pela Câmara Municipal estabelecendo que o feriado do dia 8 de dezembro fosse antecipado para esta sexta-feira (22). Em razão disto, tomamos a iniciativa de colocar em validade algumas ações a partir de decreto. O objetivo é ampliar o isolamento social estabelecendo as atividades essenciais que estarão em funcionamento. Com isso nós queremos reduzir a transmissibilidade do coronavírus e evitar colapso na nossa rede de saúde”, enfatizou.

Segundo o chefe do executivo, é importante que o isolamento social deste final de semana chegue a 55%. “Queremos atingir um isolamento social na casa de 55% da população. Isso reduz a propagação do coronavírus e garante as condições de nossa rede de saúde de suportar todos os casos confirmados”, declarou Wellington Dias.

Na quinta-feira (20), o governador prorrogou por mais 17 dias o Decreto nº 18.901 que ficará válido até dia 7 de junho. Fonte: CCom


Comissão Especial da Câmara cobra prefeitura de Timon para testar imediatamente todos os trabalhadores que atuam no combate ao coronavírus



A Comissão Especial da Câmara Municipal de Timon responsável por auxiliar, acompanhar e fiscalizar os recursos dos governos federal, estadual e municipal destinados ao combate do SARS-CoV-2, no município de Timon, se reuniu na manhã desta quinta-feira, 21, e deliberou que a prefeitura municipal de Timon “realize imediatamente testes rápidos em todos os servidores municipais que estão trabalhando na linha de frente do enfrentamento ao SARS-CoV-2”.

O presidente da Comissão, vereador Anderson Pêgo, informou que foi pessoalmente até a prefeitura de Timon solicitar que a deliberação feita pela comissão seja acatada pelo poder executivo. “Nada mais justo que a gestão tenha um cuidado especial com estes servidores que estão arriscando suas vidas diariamente para cuidar da saúde dos timonenses. Eles estão todos os dias em contato com muitas pessoas, correndo o risco de levar o vírus para suas casas, então a prefeitura deve realizar esses testes para que eles tenham um controle maior de sua saúde”.

A Comissão Especial é composta pelos vereadores Anderson Pêgo (presidente), Ramon Júnior (vice-presidente), Juarez Morais (relator), Jair Mayner (membro) e José Carlos Assunção (membro), e tem como missão acompanhar e fiscalizar a aplicação de recursos que o município de Timon já recebeu e que ainda vai receber para o combate à pandemia do novo coronavírus.

O vereador Ramon Júnior, vice-presidente da Comissão, destacou que os parlamentares estão unicamente cumprindo o seu papel constitucional, que é o de fiscalizar os gastos e ações do poder executivo. “Nesse momento delicado para a saúde pública, todas as esferas de governo devem estar focadas no enfrentamento às consequências que esta pandemia terá na vida da população, então os recursos que o município recebe devem ser empregados da melhor forma possível e com toda transparência. Então estamos atentos e acompanhando de perto a utilização de recursos públicos pela prefeitura de Timon”.

População de Alto Longá manifesta “tolerância zero” contra a gestão de Henrique César nas redes sociais

Flávio do Teté e Henrique César: dupla "o sujo e o mal lavado"

Chegou ao limite máximo. Agora, "a tolerância é zero". Nesse sentido, a população de Alto Longá não suporta mais sucessivos desgovernos acusados de corrupção ao longo desses últimos 12 anos, sem gestores sérios e sem compromissos com a administração pública que deixa de ser voltada para os interesses de quem realmente precisa das ações do governo municipal. Como se sabe, não existe desenvolvimento em nenhum setor dessa atual gestão. Parece mentira, mas é verdade, não há avanços na melhoria da área de saúde e não existe educação de qualidade. Desgoverno total. 

Enquanto isso, os trabalhadores e trabalhadoras da agricultura familiar estão abandonados sem projetos e sem incentivo por parte da Prefeitura Municipal de Alto Longá.

Tanto o ex-prefeito Flávio Campos Soares, o Flávio do Teté, assim como o atual prefeito Henrique César, o HC, representam o atraso para Alto Longá. Eles governam pensando em poucos apadrinhados de famílias tradicionais e em seus interesses próprios, enquanto que a maioria da população sofre sem acesso as políticas públicas dignas por absoluta falta de respeito aos mais pobres.

Fatos interessantes e determinantes para o fim dos maus políticos e gestores irresponsáveis foram o surgimento e a força das redes sociais, aliadas à liberdade de expressão e a perda do medo das pessoas comuns de fazerem denúncias contundentes contra gestores corruptos. Em Alto Longá, por exemplo, o povo perdeu o medo e faz duras críticas ao governo de Henrique César. Além disso, a imprensa contribui muito na divulgação de matérias desfavoráveis a quem não zela pelo interesse público.

Circula a boca miúda nos bastidores que de tanto desgaste perante a sociedade de Alto Longá, o prefeito HC avalia desistir do processo de disputar à reeleição.

O blogdoademarsousa.com.br vai fazer uma série de matérias jornalísticas mostrando atos desastrosos e as supostas denúncias de corrupção nos governos de Flávio do Teté e Henrique César. Aguardem!