segunda-feira, 30 de março de 2020

DIFICULDADES: Donos de maquinários que prestam serviços para a prefeitura de Caxias estão sem receber seus pagamentos

Imagem ilustrativa 

Como se não bastasse o sofrimento e as restrições de qualquer ser humano diante da pandemia do novo coronavírus mundo afora. Em Caxias, na região dos Cocais, os donos de maquinários que prestam serviços diretamente na área da limpeza pública estão passando ainda momentos difíceis no tocante a falta de pagamentos pela execução dessa mão de obra.

Para se ter uma ideia clara da real situação, não é de agora o atraso. Por exemplo, esse caso dos donos de maquinários que prestam serviços junto ao setor de limpeza pública da prefeitura de Caxias vem se arrastando há quase 7 meses sem pagamentos. Até o momento, não há nenhuma sinalização concreta por parte do prefeito Fábio Gentil em solucionar o problema caracterizando descaso.

"A situação é muito complexa. Nada de pagamentos e, com isso, são quase 7 meses sem ver a cor do dinheiro pelos serviços prestados ao município de Caxias. E, assim, as máquinas e caminhões já começaram a quebrar por falta de manutenção, uma vez que estamos sem receber nossos pagamentos. Sem dúvida, isso poderá causar um grande problema na execução dos serviços de limpeza pública da cidade como um todo", desabafa uma fonte visivelmente indignada.

Nesse sentido, os prestadores de serviços donos das máquinas, caminhões caçambas e coletores de lixo não suportam mais o atraso sem pagamentos. Os veículos já até começaram a apresentar defeitos mecânicos por falta das devidas manutenções normais. Apesar da gravidade do caso, o prefeito Fábio Gentil ou mesmos os seus auxiliares mais próximos não apresentam sequer uma possibilidade de resolução desse atraso que foi denunciado várias outras vezes.

O Blog do Ademar Sousa está em busca dos nomes das empresas responsáveis e donas desses contratos no setor de limpeza pública de Caxias para saber se os recursos públicos estão sendo repassados pela prefeitura de Caxias e a qualquer momento serão divulgados mais detalhes. 

E, desse jeito, cabe uma pergunta onde está o dinheiro? Já que o setor de limpeza pública é algo essencial ainda mais neste período do ápice da pandemia mundial do coronavírus (COVID-19).

Nenhum comentário:

Postar um comentário