quarta-feira, 18 de março de 2020

Procon faz fiscalização e flagra caixa de máscara vendida a R$189 em Teresina



    Arimatéa Arêa Leão, do Procon 

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) constatou que farmácias e distribuidoras de Teresina estão aproveitando a pandemia do novo coronavírus para cobrar preços abusivos em máscaras e álcool em gel.

O chefe da Fiscalização do Procon, Arimatéa Arêa Leão, conta que o órgão constatou que uma caixa de máscara com 50 unidades está sendo vendida a R$ 189 em Teresina. O álcool em gel 70% com 500 ml está custando entre R$30 a R$35.

Ele informa que antes da pandemia do coronavírus, a caixa de máscara era vendida a 42 reais e o álcool em gel R$8 reais. O Cidadeverde.com acompanha na manhã desta quarta-feira (18) a fiscalização do Procon em farmácias e distribuidoras.

"Estamos autuando farmácias e distribuidoras por prática abusiva, abuso do poder econômicos. Estamos constatando que estão tirando vantagem dos consumidores elevando os preços sem justificativa", afirma Arimatéa.

Segundo ele, o álcool em gel de 1 litro está sendo vendido a R$ 65. De segunda-feira (16) até hoje foram fiscalizadas oito farmácias e sete distribuidoras.

Foi constatado também que nas distribuidoras não há estoque de álcool em gel. Somente uma estava comercializando e com o preço abusivo. Fonte: Cidadeverde.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário