quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Suposto acordo entre Socorro Waquim e os Leitoa busca manter a hegemonia política das famílias tradicionais em Timon

Parlamentares Socorro Waquim, Fábio Braga e Rafael Leitoa 

O traço mais marcante da política timonense talvez seja a disputa ligada às famílias que há 30 anos comandam a prefeitura do município. Muitas vezes essa disputa é acirrada e até mesmo parece suja. Porém, esse acirramento, por vezes, se converte num "acordo branco", quando ambas as famílias identificam um adversário em comum, alguém que ameace o cômodo revezamento em que ambas se habituaram a fazer com a prefeitura local de poder.

Essa semana a vereadora professora Socorro Waquim, abriu mão da Câmara Municipal para ocupar uma vaga na Assembleia Legislativa do Maranhão, com o afastamento do deputado Rigo Teles (PV), que disputará a prefeitura de Barra do Corda. O acordo foi costurado por deputados governistas: o presidente da Casa, Othelino Neto (PCdoB) e Roberto Costa (MDB).

Mas, o que se estranha nessa situação é que a ex-prefeita assume uma vaga de deputada por 60 dias, diante de um governo no qual é oposição, ou seja, onde não terá poder de negociação. A movimentação da professora aparenta ser uma ação supostamente planejada, em conjunto com o grupo Leitoa que, se sentindo ameaçado pela rejeição da sua candidata à prefeitura, a ex-secretária de Educação de Timon, Dinair Veloso – tia do atual prefeito, Luciano Leitoa -, estaria apostando na confirmação dos Waquim na disputa, como forma de enfraquecer uma terceira força. Isso, teria mais o efeito de evitar a união das forças de oposição, local no qual, antes, a professora se incluía.

Ambas as famílias apostam que o eleitor timonense continua refém de votar apenas em quem representa uma das famílias tradicionais locais ou em quem é apoiado por elas. A política brasileira e maranhense está em franca mutação e a manutenção de grupos hegemônicos, em que os laços familiares valem mais do que qualquer outra característica, parece estar em decadência. Resta à população dar a resposta a essa atitude nas urnas.

Na despedida

Durante a sua despedida na sessão da última segunda-feira (17), na Câmara Municipal de Timon, a ex-vereadora Professora Socorro Waquim deve ter ficado perplexa ao ouvir com dose de exagero ou ironia o vice-líder do Governo Luciano Leitoa, vereador Jair Mayner (PSB) rasgar elogios a ela.  “A Professora Socorro Waquim e o Professor Sétimo Waquim moram no meu coração de verdade. São pessoas que moram no meu coração", disse o parlamentar “socialista”, talvez, esquecendo que no início desta atual legislatura ele causou uma série de constrangimentos a Socorro Waquim quando a mesma tentava fazer discursos criticando o Governo Leitoa. Quantos aos elogios isso soou muito “estranho” a quem viu ou ouviu. Ah, bom!


13 comentários:

  1. ACORDO FEITO NA CALADA DA NOITE, LEITOA E WAQUIM QUEM DIRIA...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A maior mentira que ja li a Deputada profa Socorro e candidata a prefeita de timon segue firme sem leitoas

      Excluir
  2. Nunca vi ou ouvir uma mentira tão grande como essa. E essa baboseira do vereador Jair.

    ResponderExcluir
  3. Tenho a prof Socorro Como mulher seria .
    Agora se de fato ela estiver entrado neste jogo sujo eu Ferdinand Almeida nunca mais voto na mesma.
    Esse momento é momento de cada pré candidato de oposição renunciar seus egos e apoiar quem está liderando as pesquisas que sempre foi comandante shinayder

    ResponderExcluir
  4. Fake News. Notícia sem credibilidade, desespero.

    ResponderExcluir
  5. Mentiroso! Deveria ser processado por compartilhar fake News! Tentando enganar o povo! Isso é crime rapaz! Cria vergonha na cara! Para de usar seu trabalho pra praticar o mal!

    ResponderExcluir
  6. Eu nao duvido de mais nada nesse municipio....so queria q ele pagasse a gente da mega on que estamos com 5 meses sem recebe nwm um centavo so isso...mais nois ja se reunimos nosso voto eles nao ver.

    ResponderExcluir
  7. Compartilhe verdade, isso é mentira!!!

    ResponderExcluir
  8. Imparcialidade, coisa que não existe por parte do blog. A matéria tem um fim objetivo... mas esses dois grupos não tem meu voto!

    ResponderExcluir
  9. ALEXANDRE TÁ POR TRÁS DESSA MATERIA. COMENTÁRIOS FORTES QUE ROLAM AQUI EM TIMON.
    SERÁ ???

    ResponderExcluir
  10. O comandante como um homem estudado e bom conhecimento deveria baixar a cabeça e saber que hj em timon exite 2. Grupos Políticos, ele estar sendo levada e engando por uma meia dúzia de seguidores.. comandante se você force humilde deveria ser vice da professora socorro e você tinha sua candidatura pra deputado certo. Pense nisso um pouco..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A prof sos é quem poderia ser vice mais como ela não tem mais cacife político em Timon E também como a empáfia não deixa ela vai querer impor um dos filhos na vice do futuro prefeito de Timon

      Excluir