domingo, 3 de janeiro de 2021

“O diálogo venceu a imposição”, diz o vereador Ulysses Waquim sobre a eleição da Mesa Diretora da Câmara

Vereadores Uilma Resende e Ulysses Waquim 

Quem conhece o jovem vereador Ulysses Waquim (PSD) sabe que ele almejava conquistar um mandato eletivo para mostrar sua capacidade e independência, apesar de ser oriundo de uma família tradicional política de Timon, na região dos Cocais. Filho do casal Professor Sétimo Waquim e da Professora Socorro Waquim, históricos militantes do MDB desde o final da década de 70 e inicio dos anos 80, Ulysses sempre era dado como candidato a vereador, prefeito ou deputado estadual a cada eleição de 15 anos para cá, mas acabava ficando fora do processo político eleitoral cedendo a oportunidade para qualquer outro membro da família. Assim, o sonho de disputar cargos eletivos foi adiado por algum tempo. . 

Professora Socorro, Ulysses e o Professor Sétimo 

Como se sabe, os pais do vereador Ulysses Waquim, Professor Sétimo e a Professora Socorro exerceram mandatos na Câmara Municipal de Timon. Sétimo foi vereador diversas vezes e depois secretário Municipal de Esportes. Em 2006, foi eleito deputado federal e reeleito em 2010, pelo MDB. Por tanto, exerceu dois mandatos consecutivos. Já a Professora Socorro foi eleita deputada estadual em 2002. Ainda no exercício do mandato, foi eleita prefeita de Timon, em 2004. Quatro anos depois, ela conseguiu a reeleição em 2008. Mas, não desistiu da política e em 2016, conquistou o mandato de vereadora pela primeira vez. Agora, a Professora Socorro assumiu o mandato de deputada estadual até 2022, pois era primeira suplente. No clã Waquim, Thalles Waquim ainda conseguiu se eleger vereador por três mandatos.

Na eleição que escolheu o novo presidente da Câmara Municipal de Timon, o vereador Ulysses Waquim deu o pulo certo e votou como os demais sete colegas da oposição garantindo a vitória de Uilma Resende (PDT) na presidência daquela Casa Legislativa. “O diálogo venceu a imposição”, disse Ulysses Waquim, referindo-se a tentativa fracassada do ex-prefeito Luciano Leitoa (PSB) de tentar impor o nome do vereador Celso Tacoani (PCdoB) sem consenso na base aliada da situação governista municipal.

Vereador Ulysses Waquim(PSD) 

Questionado pelo blogdoademarsousa.com.br sobre como será o seu comportamento na condição de vereador oposicionista, Ulysses Waquim  fez questão de afirmar nesse sentido: “Faremos uma oposição responsável com absoluto respeito, mas forte na fiscalização de gastos dos recursos públicos". 

Vereadores da chapa vitoriosa 


Nenhum comentário:

Postar um comentário