segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Oposição unida na Câmara de Timon quer esclarecimentos sobre salários atrasados

Juarez Morais e Ulysses Waquim 

A bancada da oposição na Câmara de Timon decidiu cobrar uma solução junto a prefeita Dinair Veloso (PSB), em relação ao caos relacionado a salários atrasados deixados pela gestão do ex-prefeito Luciano Leitoa (PSB). Essa suposta desfeita de Leitoa é considerada nos bastidores como uma “herança maldita” para a atual gestora socialista.

Por conta disso, 10 dos 11 vereadores oposicionistas assinaram e protocolaram dois requerimentos junto a Mesa Diretora daquele Poder Legislativo, pedindo a convocação do representante legal da empresa Mega- On Soluções, a fim de que apresente explicações convincentes sobre a situação do contrato com a Prefeitura de Timon, bem como apontar solução visando atualizar os salários atrasados dos servidores contratados de pelo menos três secretarias municipais, entre as quais, Saúde, Semdes e Educação. Nesse sentido, os requerimentos foram entregues pelos vereadores Juarez Morais, do PSC, líder da oposição e Ulysses Waquim, do PSD, vice-líder da oposição.

A informação foi dada ao blogdoademarsousa.com.br no início da tarde desta segunda-feira (8) pelo vereador Ulysses Waquim (PSD), argumentando que as reclamações são constantes pelos servidores prejudicados dos órgãos citados como Saúde, Semdes e Educação. “Em alguns casos, as denúncias apontam atrasos salariais de até 5 meses. Então, queremos explicações da empresa terceirizada responsável pelas contratações desses servidores que estão sofrendo sem salários desde o ano passado. A meu ver, é uma situação grave que precisa urgentemente ser encontrada uma solução para esse impasse”, disse o vereador Ulysses Waquim.

Para ele, a partir das informações repassadas pelo diretor da Mega On Soluções poderão ser tomadas providências cabíveis, inclusive, no âmbito do Ministério Público e Judiciário, caso seja necessário. “O nosso objetivo é buscar solução sem radicalismo. Afinal de contas, o problema é grave e exige pressa”, explica Waquim.

CAOS NO TRANSPORTE PÚBLICO

O vereador Ulysses Waquim manifestou também preocupação com o caos no sistema de transporte público que afeta neste momento a maioria da população de Timon. Segundo ele, a questão será discutida em audiência pública na Câmara Municipal nesses próximos dias. “Estamos buscando ampliar a discussão com os colegas vereadores de Teresina, até porque, Timon faz parte da Grande Teresina”, finaliza o vereador Ulysses Waquim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário