segunda-feira, 5 de julho de 2021

Coluna Caxias em Off faz uma análise do ‘quiproquó’ envolvendo Paulo Marinho, Fábio Gentil e Teódulo Aragão

Paulo Marinho, Fábio Gentil e Teódulo Aragão

A coluna Caxias em Off, do Jornal Pequeno, de São Luís (MA), edição de domingo (04/07), assinada pelo veterano jornalista Jotônio Viana, relata muito bem os desdobramentos da crise política entre aliados do Governo Fábio Gentil.  Leia trechos da coluna Caxias em Off:

Com vara curta

O ex-prefeito Paulo Marinho passou a semana cutucando com vara curta o prefeito Fábio Gentil e o presidente da Câmara, Teódulo Aragão. Estrategicamente, nem Gentil nem Aragão responderam diretamente ao ex-prefeito, mas puseram seus aliados a fazê-lo e, assim, o troca-troca de acusações animou a internet regional.

Não se sabe exatamente o que agora move Paulo Marinho (PM) para agir contra os dois como tem feito ultimamente, mas os motivos devem ser relevantes para o ex-prefeito, pois ele tem insistido no assunto. De qualquer forma, o quiproquó centraliza as coxias e tem rendido no meio político e nas ruas da Princesa do Sertão. No entanto, para os observadores, isso não vai dar em nada. Como de outras vezes em que PM partiu para cima dos aliados com poder de mando, o caso terminará sem maiores consequências e a vida do Palácio da Cidade seguirá sem atropelos significativos. Na verdade, as arestas de um lado e outro servem, no máximo, para alimentar as fofocas internas e externas que costumeiramente rondam a ‘Viúva’ caxiense.

No caso, o que mais parece irritar PM no momento é o fato de nem Fábio Gentil nem Teódulo lhes responder diretamente e deixar para a tropa subalterna o serviço o serviço de desqualificar o ex-prefeito.

Curioso

Falando nisso, é também curioso o fato de PM ter, além do filho Paulo Marinho Júnior na condição de vice-prefeito, a mulher e ex-prefeita Márcia Marinho como secretária municipal da Mulher e o irmão Pedro Marinho como secretário municipal do Meio Ambiente no governo...

Ao largo

... Os três, porém, não dão uma palavra sobre a querela e passam ao largo da confusão, evitando que essa lhes respingue e manche a indumentária...

Nada com eles

... Agindo assim, os três fazem de conta que o quiproquó não tem nada com eles e que as insatisfações com o governo dizem respeito somente a PM, que fica falando sozinho no meio do tempo.

Vereadores

Enquanto isso, os vereadores governistas também saíram em defesa do prefeito e do colega presidente do Parlamento local. E choveu críticas em cima de Paulo Marinho...

Oposição

...Hoje, na Casa do Povo caxiense, entre os seus 19 integrantes, só o vereador Daniel Barros faz oposição ao governo. Barros é casado com a ex-vereadora Thais Coutinho, filha do prefeito de Matões, Ferdinando Coutinho...


Nenhum comentário:

Postar um comentário