quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Prefeitura de Timon assina termo de cooperação para terceira etapa do Programa de Tarifa Social de Energia

Timon é o segundo município maranhense que mais realizou o cadastro de famílias no programa social 

Foto: Reprodução (CGCom)

Nesta quarta-feira (18/8), o secretário de Municipal de Desenvolvimento Social, Márcio Sá, representando a prefeita de Timon, Dinair Veloso, participou em São Luiz, junto com Márcio Honaiser, secretário de Estado do Desenvolvimento Social do MA, Sérvio Túlio dos Santos, Diretor da Equatorial e Erlâno Xavier, presidente da Famem, do lançamento da terceira etapa da Tarifa Social de Energia com a assinatura de Termo de Cooperação com a empresa Equatorial Energia e a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem).

O termo firma a parceria dos municípios maranhenses junto a Equatorial, com o objetivo de incentivar a busca ativa para cadastrar famílias de baixa renda no Tarifa Social de Energia, para que tenham acesso ao desconto de 10% a 65% na conta de luz. Atualmente, o Maranhão é o segundo estado do Brasil com melhor desempenho em Tarifa Social e Timon também se destaca por ser o segundo município maranhense, que mais cadastrou famílias no programa. 

O estado obteve mais de 951 mil famílias cadastradas, o que corresponde a 81,04% de adesão ao programa. A Tarifa Social de Energia Elétrica foi criada pelo Governo Federal e consiste na redução da tarifa de energia elétrica de até 65% para clientes residenciais de baixa renda e pode chegar a 100% para povos quilombolas e indígenas. 

O bom resultado é fruto da parceria de Timon com o Governo do Estado e Equatorial Energia, por meio de ações realizadas no município, que elevaram os cadastros o que colocou Timon no ranking de segunda cidade que mais cadastrou no programa, o secretário da SEMDES Márcio Sá, destaca as ações realizadas no município.

“Nosso município, é a segunda cidade do Maranhão, que mais conseguiu inserir famílias de baixa renda ou renda zerada no cadastro da tarifa social de energia. E o que mais impulsionou esse cadastro, foram o Projeto Cuidar, que toda sexta, em parceria com as associações de moradores, vai até as comunidades e realiza os cadastros e também a Caravana Rural, que a cada 15 dias realiza cadastros na zona Rural. Agradecemos os servidores do Cadúnico e dos cinco CRASs pelo trabalho realizado. Sabemos que precisamos cada vez mais fortalecer as ações de atualização de cadastros, que devem ser feitas a cada dois anos, para que as pessoas tenham acesso aos programas sociais. A cada desconto que uma família consegue, já é um dinheiro que sobra para comprar alimentação e remédios e isso melhora a vida das pessoas”, conclui. (CGCom)


Nenhum comentário:

Postar um comentário