domingo, 12 de setembro de 2021

Governo realiza obras em rodovias importantes para o turismo piauiense

O objetivo é interligar por asfalto todos os municípios piauienses até o fim deste ano 

Foto: Reprodução

O Governo do Estado, por meio do Instituto de Desenvolvimento do Piauí (IDEPI), está executando obras em várias rodovias importantes para a região norte do Estado, com recursos provenientes do PRO Piauí. É o caso da rodovia estadual PI-213 nos trechos que ligam Esperantina ao Parque Nacional Cachoeira do Urubu, um dos mais importantes e belos pontos turísticos do estado, localizado a 180 km de Teresina e a 18 km do centro de Esperantina. 

“As obras nas rodovias significam um importante passo para fomentar ainda mais o turismo regional e, por extensão, aquecer a economia local, porque o turismo é um vetor de desenvolvimento econômico e por isso mesmo de melhoria da sociedade”, diz Leonardo Sobral, diretor-geral do IDEPI, ressaltando que o Parque da Cachoeira do Urubu é conhecido em todo o Piauí e, agora, com a melhoria das rodovias, suas belezas se estenderão Brasil afora. 

As obras incluem a restauração e manutenção de dois trechos. O primeiro, com extensão de 10,25km, liga a sede do município até a entrada que dá acesso ao Parque. Já o segundo, com extensão de 9,0 km, vai do entroncamento da rodovia (Esperantina) até o parque. Os investimentos previstos na obra serão em torno de R$ 5,6 milhões, recursos do governo do estado, através do PRO Piauí. 

Além da restauração e manutenção rodoviária, os serviços incluem também tapa-buracos, aplicação de asfalto betuminoso na pista de rolamento e acostamento; manutenção de drenagem superficial, manutenção dos Bueiros, além de novas sinalizações horizontal e vertical. 

Outras rodovias importantes para a região e que estão em execução pelo IDEPI são a PI-211, que liga Esperantina a Joaquim Pires e possui extensão de mais de 41km de extensão; e a PI-214, no trecho que vai de Esperantina aos povoados KM 7, Pereiras e Bonfim. O valor do investimento previsto nas duas obras é de mais de R$ 11 milhões, recursos oriundos do governo do estado, através do PRO Piauí. 

Em seis meses, PRO Piauí já apresenta resultados concretos 

O PRO Piauí rodovias foi lançado em março deste ano em solenidade no Karnak. Na ocasião, o diretor-geral do IDEPI, Leonardo Sobral, avaliou o Plano de Restauração de Rodovias como um programa extremamente positivo para o estado e ressaltou que o IDEPI estava com uma equipe preparada e fortalecida para trabalhar e cumprir o cronograma de ações apresentado. 

“Não tenho dúvidas da importância desse projeto para a população piauiense. É um plano audacioso, corajoso, e tenho certeza de que todos os órgãos envolvidos estão seguindo as diretrizes do governador Wellington Dias e do coordenador Rafael Fonteles, desempenhando com afinco essa missão. Seis meses depois, o cronograma de recuperação das rodovias vem sendo executado com celeridade e os resultados estão aparecendo”, destaca Sobral. 

Dentre os exemplos, Leonardo Sobral destaca as obras da PI-392, a rodovia da soja, cujas obras estão avançadas e recebendo o asfalto; e a rodovia que liga a cidade de Avelino Lopes, no Sul do Piauí, à divisa com a Bahia, no município de Buritirana, que já está com cerca de 90% do cronograma executado e entra na fase final, com previsão de conclusão em novembro deste ano. 

O Plano de Restauração de Rodovias do Piauí, ampliará investimentos na malha viária em mais de 6 mil quilômetros de rodovias piauienses. Além de executar ações de conservação nos corredores de maior tráfego entre as cidades e vias secundárias, o objetivo é interligar por asfalto todos os municípios piauienses até o fim deste ano. Ao todo, serão investidos mais de R$ 782 milhões para recuperar e conservar estradas nos 12 territórios de desenvolvimento do estado. (IDEPI/CCom) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário