quinta-feira, 21 de outubro de 2021

Strans investe em sinalização viária em cruzamentos para mais segurança no trânsito

As vias contempladas receberam pinturas de parada obrigatória no asfalto, sinalização horizontal e vertical 

Foto: Reprodução (Ascom/Strans)

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) com o objetivo de tornar o trânsito mais seguro, reduzindo os riscos de conflitos, acidentes relacionados à circulação nas vias e melhorando o fluxo de trânsito, está executando a sinalização viária nas ruas asfaltadas pela Prefeitura de Teresina. 

A ação está ocorrendo na avenida Governador Gayoso e Almendra e nos cruzamentos das ruas com maior fluxo de veículos, assim como no cruzamento da rua Noronha Almeida, no bairro São João, na região Leste da cidade. 

A engenheira da Strans, Ananda Patrícia de Oliveira, da Divisão de Sinalização de Trânsito, explica que a iniciativa reduzirá as colisões em cruzamentos, permitindo uma melhor visualização aos condutores e pedestres através do reforço na sinalização. As vias contempladas receberam pinturas de parada obrigatória no asfalto, sinalização horizontal e vertical. 

“Fizemos intervenções na sinalização dos cruzamentos de maior fluxo. Na avenida Governador Gayoso e Almendra foi feito reforço na sinalização, instalação de sinalização horizontal com pintura na via de legenda: Pare no chão, colocação de tachões refletivos, principalmente para o período noturno, faixa de retenção nas linhas de aproximação para não ter as conversões erradas e foram colocadas as tachinhas, na tentativa da redução da velocidade e orientação para o condutor”, esclarece a engenheira da Strans, Ananda Patrícia. 

Ainda de acordo com a engenheira, os serviços executados proporcionarão mais segurança para os pedestres e motoristas que transitam na região. 

A gerente de Operações de Trânsito da Strans, Carla Sales, alerta que tem observado que algumas colisões que vêm ocorrendo em alguns cruzamentos de determinados pontos da cidade não seria provocadas por falta de sinalização e nem por falta de fiscalização, e sim pela imprudência e falta de atenção do condutor no trânsito. 

“O que está faltando é educação por parte dos condutores, obediência às normas e regras de trânsito, que têm infringido as leis de trânsito, causando assim várias colisões, onde em determinados cruzamentos fazem o avanço da preferencial, com o aumento da velocidade, achando que com isso não irá haver a fiscalização. Mas o condutor precisa ter a observância tanto das leis de trânsito como das sinalizações que são existentes em vários cruzamentos da capital para evitar acidentes no trânsito”, destaca a gerente de Operações de Trânsito da Strans, Carla Sales. 

A auxiliar administrativa, Lídia Félix, da Gerência de Gestão de Trânsito da Strans, revela que, segundo levantamento realizado pelo setor de Multas e Infrações de trânsito, verificou-se que grande parte das ocorrências são ocasionadas não pela falta de sinalização, mas sim por conta de condutas irregulares por parte dos condutores. 

“O levantamento apontou um grande número de ocorrências em razão do excesso de velocidade praticados por esses condutores nas vias da nossa cidade, assim como estacionar em locais irregulares, transitar em faixas exclusivas para ônibus. A infração transitar em velocidade superior em até 20% e avançar o sinal vermelho do semáforo estão entre as cinco maiores causas de infração de trânsito em Teresina”, alerta Lídia Félix. 

É importante destacar que muitas dessas infrações são cometidas mais de uma vez pelo mesmo condutor, o que demonstra a insistência do motorista em não se adequar as normas de trânsito. 

A Strans tem trabalhado e atuado também na parte educativa para que os condutores de veículos, motociclistas, ciclistas e pedestres contribuam para deixar o trânsito mais seguro, obedecendo à legislação. 

Outros bairros asfaltados em outras regiões da cidade estão recebendo reforços na sinalização viária pela Strans, após o tempo que é necessário aguardar para iniciar as pinturas da sinalização no asfalto. (Strans)

Nenhum comentário:

Postar um comentário