sexta-feira, 20 de maio de 2022

PI:Governo do Estado realiza importantes obras por meio das Parcerias Público Privada

O novo Centro de Convenções é apenas uma das obras viabilizadas por intermédio das PPPs 

Foto: Reprodução (Ascom/Suparc)

Há três anos, o Governo do Estado decidiu mudar de estratégia e, por meio da Superintendência de Parcerias e Concessões (Suparc), iniciou um projeto de Parceria Público-Privada (PPP) no Centro de Convenções de Teresina. Com contrato assinado em 2021, a PPP entregou uma reforma completa em apenas 11 meses, renovando os cinco espaços que receberam melhorias estruturais significativas, além de equipamentos de última geração em iluminação, refrigeração e acústica. 

O Centro de Convenções de Teresina foi reinaugurado em 12 de março de 2022 e tem realizado em média dois grandes eventos por semana, entre concertos, atrações infantis, musicais, shows gospel e de humor, além de encontros, seminários e palestras. Espetáculos de artistas nacionais como Diogo Nogueira e Alcione, além de peças teatrais de atores renomados como Paulo Betti e Maitê Proença. A advogada Lia Portela foi ao show da cantora Pitty no CCT e aprovou a reforma. “Foi um show muito organizado e o espaço, além de confortável, é bastante acessível a todos. Curtimos o show com segurança e tranquilidade”, diz. 

A Nova Ceasa é um dos maiores exemplos de modernização e desenvolvimento do equipamento público. Hoje a central de abastecimento recebe cerca de 10 mil pessoas por dia, 12% a mais do que a média de 2017. O que causou essa transformação no entreposto foi a concessão à iniciativa privada, que já investiu mais de R$ 13 milhões no local. Para o permissionário José Moraes, a PPP foi a melhor decisão. “A gente vem notando o quanto evoluiu, do que tínhamos aqui e como estamos hoje. Trânsito organizado, segurança, sinalização, banheiros que não deixam a desejar, limpeza. Estamos muito contentes e desejamos que as melhorias continuem”, diz. 

Um espaço que é responsável pela alimentação constante e consistente de cerca de 16 mil pessoas em situação de vulnerabilidade, é o Banco de Alimentos, que foi criado em 2018 com o objetivo de captar, triar e distribuir gêneros alimentícios para entidades que atendem comunidades carentes. Desde a implantação do banco, mais de 700 toneladas de alimentos foram arrecadadas de frutas, verduras, legumes e cereais para as 25 entidades cadastradas, entre creches, abrigos, comunidades terapêuticas e programas educacionais. Por essas e outras ações de desenvolvimento social, a PPP da Nova Ceasa foi escolhida, em 2021, como a melhor do mundo pela Organização das Nações Unidas (ONU). 

Foto: Reprodução (Ascom/Suparc)

Já a PPP do Saneamento de Teresina foi responsável por resultados significativos na capital, como a ampliação dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, levando a cidade a alcançar a universalização do abastecimento de água tratada na zona urbana em 2020. Isso se deu também pela atuação da concessionária Águas de Teresina para equilibrar a distribuição de água e conferir eficiência operacional ao sistema, trabalhando na redução de perdas, cujo índice saiu de aproximadamente 60% para 40% desde que as operações iniciaram, em 2017. Já é mais de R$ 1 bilhão de investimentos nessas PPP. 

Isaura Cardoso, moradora do bairro Porto do Centro, conta que antes da PPP não tinha água em casa constantemente, era preciso buscar em outros lugares, pegar a noite e guardar. “Passei 20 anos esperando a água chegar aqui. Não tinha mesmo, muitas vezes a gente tinha que sortear, ou tomava banho ou dava descarga. Mas agora acabou esse sofrimento. E a melhor coisa do mundo é você abrir a torneira e está ali a água limpa”, diz. Com a universalização do acesso à água, o foco das ações da concessionária agora é o esgotamento sanitário. Até o ano de 2025, Teresina terá 67% de cobertura de esgoto, atingindo a universalização em 2033. 

O Novo Piauí Center, shopping popular localizado na zona Sul de Teresina, é considerado o maior polo atacadista da moda piauiense e também está sendo gerido por meio de uma PPP, com mais de R$ 300 mil já investidos. Recentemente o espaço recebeu uma série de melhorias como novas instalações elétricas, cerca de segurança, novo piso em porcelanato e reforma da cobertura existente. A fachada principal também está sendo revitalizada, com melhor iluminação na área externa, readequação do estacionamento e instalações mais modernas. A concessionária também está reformando a passarela na entrada, incluindo a plantação de pés de carnaúba nas laterais para decorar e valorizar o ambiente. As calçadas estão sendo readequadas para receber uma ciclovia, buscando dar mais segurança para os ciclistas que passam na região. 

Os permissionários apontam as melhorias como excelência de transformação da infraestrutura. “Como lojista aqui do Piauí Center, só tenho a agradecer. Quem conhece sabe como era a estrutura, já sofremos muito aqui com a falta de utensílios necessários nos sanitários e hoje estamos com banheiros até climatizados. Esse piso aqui, a gente chega e se sente nesses shoppings caros. E só vai melhorar”, comenta a empresária Giza Meneses, da tradicional loja Gizzê. O Novo Piauí Center também está desenvolvendo ações para fortalecer o marketing para o ano de 2022, com o objetivo de estimular as vendas e aumentar a movimentação no shopping popular. Um dos pilares da PPP é fomentar a indústria têxtil, envolvendo empresários da moda, atacadistas do setor, revendedores que atuam no Piauí e Maranhão, além de lojistas da capital. 

O primeiro projeto do Programa de PPP Piauí foi a concessão do Terminal Rodoviário de Teresina, em 2015, e trouxe grandes melhorias. Informatização dos guichês, internet livre e infraestrutura confortável são alguns dos fatores reforçados pela concessionária de PPP, que elevou a credibilidade junto aos usuários. Já são mais de R$ 12 milhões em investimentos. “A Rodoviária de Teresina passou por várias mudanças para melhor, seja na questão estrutural ou de manutenção e limpeza. Frequento o terminal desde criança, nos anos de 1990, conheci muito bem o espaço e percebi o desgaste ao longo do tempo. Mas quando entrou a PPP, é perceptível a melhoria na infraestrutura e nos serviços”, comenta o professor Emmanuel Sepúlveda, usuário frequente. 

Com cerca de três meses desde o início das atividades da PPP Bioparque Zoobotânico, diversas melhorias já foram feitas para deixá-lo mais atrativo aos visitantes. As trilhas passam por uma manutenção constante e o estacionamento está em fase de conclusão, deixando áreas mais tranquilas para passeios a pé ou de bicicleta. O parque conta ainda com um segurança circulando no espaço e seguranças fixos onde há mais movimentação. Uma novidade para quem visita a Potycabana e o Bioparque Zoobotânico é o catamarã com dois pavimentos que vai levar os turistas para um passeio pelo Rio Poti, de um parque a outro. 

Seu Azevedo, que trabalha há 20 anos em um trailer de comida no local, aprova as mudanças. “Aqui melhorou muito. Hoje, já temos banheiros reformados e um jardim grande e bonito; seguranças e biólogos trabalhando aqui de segunda a sábado. Então, a expectativa é que com as mudanças, melhore a experiência em 100%,” conta. A concessionária Bioparque Zoobotânico também tem executado ações para garantir mais conforto para os animais, com a revitalização de alguns recintos e a redistribuição dos bichos em abrigos maiores e mais adequados, com manutenção e limpeza constante e enfoque na mudança de cultura no trato com o animal. 

O Habitar Servidor é a primeira PPP de Habitação do Piauí e está viabilizando apartamentos modernos para servidores estaduais no Residencial Tiradentes, com localização privilegiada na zona Leste de Teresina. A construção dos imóveis já iniciou e a previsão é que a primeira torre seja entregue em dois anos. Cerca de R$ 60 milhões serão investidos na obra para possibilitar moradia com conforto, qualidade de vida e valores acessíveis aos colaboradores do Estado. A primeira fase das vendas foi voltada para policiais militares. “É muito importante essa parceria para oferecer uma moradia de qualidade e dignidade ao policial militar do Estado e aos demais servidores”, comenta o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Lindomar Castilho. As vendas agora são abertas a todos os servidores. 

O Ginásio Verdão e a PPP de democratização da internet por meio da Piauí Conectado, cuja sede e data center estão localizados na capital, também passaram por um processo de modernização física e de serviços. Desde 2019, o tradicional Ginásio Verdão vem sendo gerido por meio de uma PPP e já conta com R$ 300 mil em investimentos. O projeto está implementando uma série de reformas que beneficiarão milhares de atletas de diferentes modalidades, com a transformação do espaço em uma arena multiuso, com foco na realização de atividades desportivas e também outros eventos, como as tradicionais revisões do Enem. 

As intervenções da PPP já possibilitaram melhorias no local que foram cruciais na implantação do Hospital de Campanha do Verdão, que funcionou por quatro meses e ajudou a salvar a vida de 500 piauienses durante o pico da doença, em 2020, no Estado. A PPP também possibilitou visitas virtuais no Hospital de Campanha do Verdão. Com tablets e Wi-Fi disponibilizados pela Piauí Conectado, os familiares dos pacientes internados ficavam nas cabines de transmissão do ginásio e realizavam as televisitas aos pacientes. (Ascom/Suparc) 


Nenhum comentário:

Postar um comentário