quinta-feira, 8 de dezembro de 2022

Ademar Sousa: Refrescando a memória em registro de foto com o narrador Galvão Bueno, em Teresina (PI)



Na foto acima, aparecem o jornalista Francisco Pereira, o Pereirão; o jornalista e narrador Galvão Bueno; o jornalista, radialista e hoje blogueiro Ademar Sousa e o então garoto Gustavo Feitosa, sobrinho do jornalista Feitosa Costa 

Relembrar bons momentos não custa nada e faz bem para a memória. Fuçando aqui o meu arquivo pessoal encontrei essa foto clicada em 1989. Na época, eu tinha apenas 25 anos de idade e era repórter da equipe de jornalismo da Rádio Poty AM 610 e colaborador do jornal O ESTADO (impresso). Nesse dia, fui escalado para acompanhar os bastidores da Seleção Brasileira que estava hospedada no Rio Poty Hotel, em Teresina (PI). O técnico da Seleção Brasileira naquele tempo era Sebastião Lazaroni e fiz até uma entrevista com ele sem perder a oportunidade única. Lembro de alguns craques circulando pelos corredores do Rio Poty Hotel, entre eles, Bebeto, Jorginho e outros que me falha a lembrança. 

No momento, naquela manhã de 1989, aproveitei para jogar conversa fora e trocar ideias com o melhor narrador de todos os tempos da televisão brasileira: o ilustre Galvão Bueno, voz inconfundível da TV Globo. De lá para cá, já se passaram pelo menos 33 anos. Lembrei como se fosse hoje. Para mim, foi um momento importante na vida de um jovem repórter que estava cheio de vontade para aprender mais ouvindo pessoalmente a voz da experiência do narrador Galvão Bueno. Escrevi isso visando destacar a importância dele como profissional competente e respeitado a nível internacional. E nesta sexta-feira (09), Galvão Bueno vai trazer novas emoções transmitindo Brasil x Croácia, pelas quartas de final da Copa do Mundo 2022, a partir das 12h. 

Galvão Bueno Foto: (Crédito: Reprodução/Globo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário