segunda-feira, 28 de março de 2022

Deputado Henrique Pires homenageia o médico Almir Alves Rebelo

O médico de Esperantina faleceu aos 87 anos e foi lembrado na Assembleia Legislativa  

Foto: Reprodução (Alepi)

O deputado estadual Henrique Pires (MDB) homenageou na sessão plenária desta segunda-feira (28), da Assembleia Legislativa do Piauí - Alepi,  o médico Almir Alves Rebelo, falecido aos 87 anos após uma extensa vida dedicada ao exercício de salvar vidas na região de Esperantina, Batalha, Matias Olímpio e demais cidades da região Norte do Estado. “Seu consultório ficava instalado na praça Leônidas Melo, mas andava com ele. Estivesse na fazenda, na camioneta, na rua, com uma caneta, um pedaço de papel e o seu conhecimento ele salvava vidas”, afirmou Pires.  

Henrique Pires lembrou que o Dr. Almir nasceu no povoado Boa Esperança, hoje cidade de Esperantina, e teve uma infância como todas as outras crianças, brincando nas ruas e banhando no rio Longá. Vendo o pai farmacêutico prático atender as pessoas, toma gosto por atender os pacientes. Fez as primeiras letras em Esperantina, o ginásio em Parnaíba e Teresina, o científico em Fortaleza e formou-se em medicina em 8 de dezembro de 1962 pela Universidade Federal de Pernambuco, em Recife. 

Foi estagiário da Fundação Cespe em Barras, Maranguape e Aracati, estas no Ceará, e depois foi lotado em Parnaíba. Mas, Esperantina era a sua terra e ele desligou-se e voltou para casa. Nomeado para a campanha de combate à varíola pela Secretaria de Saúde do Estado em 1966 ele desempenhou a missão e depois fixou consultório de vez em Esperantina em 1967, de onde nunca mais saiu. Quando o Hospital Júlio Harttman foi inaugurado, ele foi o primeiro diretor. 

Ele casou em 30 de março de 1975 com Emília Maria de Carvalho Gonçalves. Deixou cinco filhos: Francisco Flávio, Almir Filho, Ana Maria, Fernando e Emília, além de genros, noras e vários netos. “E deixa uma multidão de pessoas que foram atendidas e curadas por ele na esperança de que a eternidade o receba, pois sempre tratou a todos com extrema presteza, a principal virtude que lhe caracterizava”, frisou. 

Em aparte, o deputado Wilson Brandão (PP) disse que conheceu boa parte da história do Doutor Almir. “Ele era desapegado de bens materiais, mas apegado à medicina. Foi vocacionado para salvar vidas onde chegava, podia ser onde estivesse ele atendia os pacientes”, afirmou. “Ele humanizou a medicina”, resumiu. 

VISITAS – Henrique Pires também destacou em pronunciamento as visitas que fez no final de semana passado às cidades de Isaías Coelho e Santo Antonio de Lisboa, acompanhando a comitiva do governador Wellington Dias na inauguração e anúncio de obras para beneficiar a população. E também destacou a antecipação do pagamento dos servidores estaduais, ocorrido no dia 25, “virando a página no relacionamento do Estado com os seus funcionários”. (Alepi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário