Em pesquisa Inop, Carlos Brandão segue tendência de crescimento seguido de Weverton e Lahésio

0
Foto: Divulgação/Reprodução

Pesquisa de intenção de voto com os eleitores do Maranhão, realizada pelo Inop (Instituto Nacional de Opinião Pública Ltda), contratada pelo blog do Matias Marinho e o programa Xeque-Mate, mostra tendência de vitória do governador Carlos Brandão (PSB) ainda no primeiro turno. 

Nos votos válidos, o governador Carlos Brandão (PSB) aparece com 48,64% das intenções de voto. 

A pesquisa também aponta para uma árdua disputa pela segunda colocação entre o senador Weverton Rocha (PDT) e o ex-prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahésio Bonfim (PSC). Weverton aparece com 23,65%, enquanto Lahésio tem 20,60% dos votos, em um empate técnico. 

Logo após, o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PSD), aparece com 5,91% dos votos válidos. 

Seguido do candidato do Solidariedade, Simplício Araújo, com 0,40%, do Professor Joás Moraes, do Democracia Cristã, com 0,33%. 

Frank Costa (PCO) e Hertz Dias (PSTU) aparecem empatados com 0,20% e Enilton Rodrigues, do PSOL, com 0,07%. 

Foto: Reprodução

Flávio Dino segue como franco favorito na disputa ao Senado Federal 

O Inop também confirmou o favoritismo do ex-governador Flávio Dino, candidato ao senado pelo PSB. 

Na consulta dos votos válidos, Dino aparece com 65,48% dos votos, enquanto o senador Roberto Rocha (PTB), que concorre à reeleição, aparece com 30,35%. 

Logo depois aparecem os candidatos Pastor Ivo Nogueira (DC), com 2,13%, seguido de Saulo Arcangeli (PSTU) e Antônia Cariongo (PSOL) com 1,03% cada. 

A eleição ao Senado Federal é de apenas um turno. 

O levantamento, que tem registro MA-05865/2022 , ouviu 1.659 eleitores nos dias 10 a 14 de setembro em 40 municípios. O grau de confiabilidade é de 95% e a margem de erro é de 2,4% para mais ou para menos. 

Postar um comentário

0 Comentários

Postar um comentário (0)

#buttons=(Ok, Vamos em frente!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Verifique agora
Ok, Vamos em frente!