Eleições 2024: A afinidade de Socorro Waquim com Rafael Leitoa desperta curiosidade

2
Ex-deputada Socorro Waquim e o deputado Rafael Leitoa

A movimentação política antecipada vem ganhando proporções inimagináveis com vistas às eleições de 2024. Fontes deste blogdoademarsousa.com.br, inclusive, com trânsito principalmente nos arredores do Palácio dos Leões - sede do governo do Maranhão -, repassaram que a ex-deputada estadual Socorro Waquim (PP) tem hoje uma grande afinidade política com o deputado estadual Rafael Leitoa (PSB).

De acordo com as mesmas fontes, consta que os diálogos entre as duas lideranças políticas de Timon envolveria o esforço do deputado Rafael Leitoa na defesa do nome da professora Socorro Waquim para que esta ocupe cargo no primeiro ou segundo escalão nesta segunda gestão de Carlos Brandão. Fora isso, que também Waquim possa indicar aliados em cargos do governo do Maranhão em Timon.

Caso essa estratégia se concretize, conforme os atentos observadores baseados em São  Luís, o deputado Rafael Leitoa passaria de fato a ter uma maior aproximação política com a ex-deputada Socorro Waquim podendo até acontecer, quem sabe, um entendimento para a formação de uma chapa de prefeito e vice nas eleições de 2024. Claro, que é muito cedo para se conjecturar quem iria fazer parte dessa chapa caso ocorra esse eventual acordo.

MUDANÇAS DE RUMO - Caso esse suposto acordo político entre o deputado Rafael Leitoa e o clã Waquim venha vingar mesmo, certamente o andamento de uma possível união das oposições em Timon mudaria completamente os rumos.

Isso é realidade. Como tem dificuldade de se inserir com maior profundidade na oposição raiz de Timon, Rafael Leitoa estaria se movimentando politicamente de várias formas possíveis.

Sobre esse e outros cenários possíveis na oposição de Timon que poderão causar um racha sem precedentes na história política do município, o blog segue apurando novos fatos podendo publicar a qualquer momento com mais detalhes.


Postar um comentário

2 Comentários

  1. Acontecendo isto, o povo será o juiz e vai fazer o julgamento observando somente dois itens: mais do mesmo, e a alternância de poder familiares por 35 anos.

    ResponderExcluir
  2. É a política de timon🤔🤔

    ResponderExcluir
Postar um comentário

#buttons=(Ok, Vamos em frente!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Verifique agora
Ok, Vamos em frente!