Reunião discute reorganização do fluxo de atendimento de Saúde Mental em Timon

0

Fotos: CGCom/Sems/PMT

A Rede de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde reuniu, nesta terça-feira (11), equipes da Atenção Primária e Especializada para discutir a reorganização do fluxo de atendimento na área em Timon.

O objetivo da reunião foi alinhar estratégias que visam melhorar e agilizar o atendimento da demanda de Saúde Mental no município. Ficou definido que será efetivado o matriciamento de profissionais da Atenção Primária e Especializada com a Rede de Saúde Mental, de acordo com o Ministério da Saúde.

Na prática, o matriciamento é um “cuidado compartilhado” e garante maior efetividade na prestação de serviços às pessoas que precisam de atendimento em saúde mental. 


“O matriciamento é um modo de realizar a atenção em saúde de forma compartilhada por meio do trabalho interdisciplinar. O matriciamento é a primeira etapa para esta reorganização do atendimento. Seguiremos com reuniões para definirmos demais estratégias. Iremos elaborar um plano de ação para garantirmos acompanhamento e tratamento dos usuários que precisam de cuidados”, explica Camila Costa, coordenadora da Rede de Saúde Mental do município.

As Unidades Básicas de Saúde (UBSs) são porta de entrada para atendimento em Saúde Mental no município.

A Rede de Saúde Mental de Timon conta com três Centros de Atenção Psicossocial (CAPS Adulto, CAPS Álcool e Drogas e CAPS Infantojuvenil), além do ambulatório na Policlínica Municipal. Os CAPS atendem pessoas com transtornos mentais graves e persistentes. (CGCom/Sems/PMT)


Postar um comentário

0 Comentários

Postar um comentário (0)

#buttons=(Ok, Vamos em frente!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Verifique agora
Ok, Vamos em frente!