Procon Alepi terá linha direta para solucionar demandas dos consumidores

0

O serviço será oferecido através de parceria com a Equatorial Piauí e funcionará toda segunda e quarta-feira

Foto: Reprodução (Ascom/Alepi)


Nesta segunda-feira (23) será iniciada a parceria Procon Alepi - Equatorial Piauí para a solução de demandas dos consumidores.  O Projeto Linha Direta vai proporcionar um um canal de atendimento intermediado pelos serviços do Procon Alepi, com o objetivo de solucionar ainda na esfera administrativa as demandas apresentadas pelos consumidores, através de um atendimento célere e eficaz. "Isso dará mais celeridade á solução de demandas", explica o coordenador do Procon Alepi, André Soares. Ele explica, que a partir do dia 23, toda segunda e toda quarta haverá o atendimento dedicado ao Programa no Procon Alepi no Bairro Cabral. "Teremos uma sala exclusiva para esse atendimento, a Equatorial esatá lá fazendo a negociação direta, sem precisar de abertura de uma reclamação,  resolvendo a questão de litígio com o consumidor de forma mais rápida", acrescenta. A solenidade de lançamento do programa será às 8 horas. 

Segundo Caio de Deus, gerente Jurídico da Equatorial Piauí, a dinâmica de funcionamento do vai permitir que através da parceria seja disponibilizado um atendente para receber a demanda e fazer o atendimento direto no local, recepcionando e tratando cada caso, de forma conjunta com o Procon  Alepi. O objetivo da Distribuidora e do Procon Alepi é que a iniciativa proporcione um atendimento célere, solução e redução das demandas e, principalmente, mais satisfação dos clientes.

O Projeto Linha Direta na Assembleia vai funcionar nos dias de segunda e quarta-feira, no horário das 08h às 14h. A expectativa é que, em breve, a ação seja ampliada, com a disponibilização de atendimento na sede da Defensoria Pública do Estado e também no Ministério Público do Estado, com dias e horários a serem divulgados posteriormente.

“A implantação do Projeto Linha Direta nos órgãos de defesa do consumidortem a finalidade de estabelecer esse canal direto entre a empresa e o órgão de forma a orientar o atendimento sobre a reclamação do consumidor, proceder com a identificação do assunto e alcançar uma solução de forma célere" disse o Gerente Jurídico da Equatorial Piauí, Caio de Deus. Fonte: Ascom Alepi 

Postar um comentário

0 Comentários

Postar um comentário (0)

#buttons=(Ok, Vamos em frente!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Verifique agora
Ok, Vamos em frente!