Agespisa investiu R$ 90 milhões em abastecimento de água e esgotamento sanitário em 2023

0

Um dos maiores investimentos está sendo feito no município de Caracol, COM R$ 10,7 milhões para a ampliação do sistema de abastecimento de água

Obra do sistema de ampliação do sistema de abastecimento de água no município de Caracol 

A Agespisa termina o ano de 2023 com um volume total de investimentos na ordem de R$ 90 milhões para melhoria do abastecimento e saneamento nos municípios do Piauí. Além de iniciar novas obras, neste ano, a gestão do órgão deu andamento a outras ações para beneficiar a população piauiense de norte a sul do estado. São implantação e ampliação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, construção e reforma de reservatórios, perfuração e equipagem de poços, entre outros serviços.

Um dos maiores investimentos está sendo feito no município de Caracol. São R$ 10,7 milhões, recursos do Governo do Estado e da Agespisa, para a ampliação do sistema de abastecimento de água. A empresa já executou cerca de 70% dos serviços. O sistema será reforçado com a ampliação de 19 quilômetros de uma adutora e a construção de dois novos reservatórios, com capacidade total de 200 mil litros.

Outros exemplos de cidades com obras já concluídas ou em execução nos sistemas de abastecimento de água são Avelino Lopes, Matias Olímpio, Uruçuí, Bertolínia e Parnaguá.

“O investimento de R$ 3 milhões em Matias Olímpio merece destaque por representar o primeiro passo para uma melhoria muito esperada pela população. A Agespisa está implantando uma nova adutora para evitar as frequentes interrupções do abastecimento de água causadas por rompimentos na atual adutora em operação”, destaca o presidente da Agespisa, José Santana. Ele informa ainda que, além da adutora, será construído no município um reservatório com capacidade para armazenar 250 mil litros de água.


Nova estação de tratamento de água em São Raimundo Nonato

Já na região de São Raimundo Nonato, está em fase de conclusão a construção de duas novas estações compactas de tratamento de água. As ETAs vão garantir aumento na produção e melhoria da qualidade da água. O sistema do Garrincho, que atende sete cidades e dois povoados, vai receber uma nova estação capaz de incrementar a produção de água em 360 mil litros/hora. Já o sistema Serra Branca terá uma nova estação compacta capaz de tratar 50 mil litros por hora, que já atinge 80% de conclusão.

A perfuração e operação de novos poços foi uma constante este ano nas ações da empresa. Amarante, Bom Jesus, Piripiri, Corrente, Ipiranga do Piauí são algumas das cidades que receberam reforços na distribuição de água, garantindo maior regularidade ao serviço.

Este ano, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC) mostrou que o Piauí é o estado do Nordeste com o maior e melhor índice de abastecimento de água, por meio da rede geral de distribuição, sem interrupção nos sete dias da semana. A PNADC é realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em âmbito nacional, o Piauí tem a 12ª melhor posição.


Nova estação de tratamento de água em São Raimundo Nonato

Esgotamento

No setor de esgotamento sanitário, entrou em funcionamento o sistema de Amarante, que deve beneficiar cerca de 90% da zona urbana do município. A obra executada incluiu 43 mil metros de rede coletora, uma estação de tratamento de esgoto, oito emissários, oito estações elevatórias e 2.500 ligações prediais.

Já a União, a cidade com maior cobertura de esgoto do Piauí, com 96% de atendimento, recebeu mais investimentos no setor, com ampliação da rede de esgotamento sanitário e mais avanços na qualidade de vida dos cidadãos.

Os serviços de manutenções preventivas e corretivas nos sistemas de esgotamento sanitário ganharam um reforço importante com um novo equipamento de hidrojateamento e sucção adquirido pela empresa. Com capacidade para 12 mil litros de esgoto e água, o equipamento moderno está sendo utilizado para limpeza e desobstrução das redes coletoras, PVs (poços de visita), caixas de inspeção e estações de tratamento. Fonte: Ascom/Agespisa 



Postar um comentário

0 Comentários

Postar um comentário (0)

#buttons=(Ok, Vamos em frente!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Verifique agora
Ok, Vamos em frente!