terça-feira, 24 de março de 2020

Ministério da Saúde determina que vacinação contra Influenza e Sarampo seja prioridade e adia imunização de rotina



Uma determinação do Ministério da Saúde encaminhada a todos os municípios, adia a vacinação de rotina realizada pelas equipes de imunização, a norma é em virtude do período da pandemia do Covid-19. Segundo a orientação repassada à Secretaria Municipal de Saúde, deve-se priorizar a Campanha de Vacinação contra a Influenza/H1N1 (Gripe).   Durante a primeira fase da Campanha, que deve seguir até o dia 15 de abril, as vacinas de rotina encontradas nos postos de atendimento estarão suspensas devido a questão emergencial de imunizar a população contra a gripe nesse momento de pandemia que o país vive.  A medida visa também diminuir o fluxo de pessoas nos postos, evitando aglomerações e organizando da melhor forma a vacinação contra a Gripe para idosos e profissionais da saúde. Para evitar aglomerações e impedir a permanência em ambientes fechados, a Secretaria de Saúde adotou algumas estratégias: Divisão dos grupos por etapas e por turnos. 1° etapa: de 23 de março a 15 de abril: Idosos a partir de 60 anos (turno da manhã) e profissionais de saúde (turno da tarde). Realizar a vacinação do lado de fora dos Postos de Saúde. Haverá vacina em todos os postos de saúde, mas equipes de vacinação também estarão em algumas praças e outros ambientes abertos. Confira:

- UBS do conjunto Boa Vista: o atendimento será na praça do Boa Vista;

UBS da Vila Angélica: na quadra de esporte da escola Luís Miguel Budaruiche;

- UBS Mutirão: na quadra de esportes do colégio Ney Rodrigues;

- UBS Parque União: na quadra da Fundação Cidadania;

- UBS São Benedito: na praça do São Benedito;

- UBS do Parque Alvorada: na quadra do colégio Pedro falcão Lopes.

Para vacinar idosos acamados e gripados, os profissionais farão atendimento nas residências. Para isso, alguém da família deve informar o Agente Comunitário de Saúde.  Fonte: Ascom/SEMS 


Nenhum comentário:

Postar um comentário