terça-feira, 26 de maio de 2020

Equatorial Piauí suspende fornecimento de energia elétrica do Mercado Público de Alto Longá e causa transtorno aos permissionários; uma vergonha

População de Alto Longá reage a falta de responsabilidade do prefeito Henrique César com o patrimônio público em situação de abandono: “Alto Longá pede socorro!”, diz empresário no Facebook  

Imagens: Antônio Barros e Goegle

“É inacreditável e inaceitável a situação de abandono em que se encontra o Mercado Público Municipal Francisco Marinheiro, no centro de Alto Longá (PI), sem oferecer condições de estrutura básica para funcionamento junto aos seus permissionários que trabalham no local comercializando carnes, frangos, verduras e frutas, dentre outros produtos. Como se não bastasse tudo isso a Equatorial Piauí suspendeu o fornecimento de energia elétrica hoje (26), causando ainda mais desconforto, além de transtorno a quem precisa trabalhar naquele lugar público”. 

A observação nesse sentido foi feita ao blogdoademarsousa.com.br no início da tarde desta terça-feira (26), por um permissionário e morador da cidade de Alto Longá, que manifestou indignação e preocupação diante dessa triste realidade insalubre e o pior sem energia elétrica, colocando em risco à saúde dos permissionários e dos visitantes clientes que não dispõem de outra alternativa em se tratando de mercado. Ele culpou o prefeito Henrique César, o HC, pela falta de compromisso sério com sua gestão. “É mais do que isso uma falta de consideração com os permissionários e frequentadores do histórico mercado público de nossa cidade. A população de Alto Longá precisa se encorajar mais e reagir urgentemente, até porque, esse atual gestor está brincando com a cara do nosso povo. Vamos acionar o Ministério Público do Estado – MPE”, conclama indignado o reclamante em contato com o blog.


No mesmo tom, o empresário Emerson Silva usou seu perfil no Facebook e também denunciou o descaso: “Alto Longá pede socorro! Já não basta o descaso do Mercado Público de Alto Longá, com a estrutura toda em risco, ambiente insalubre e no dia de hoje teve a energia cortada. Só não entendo o silêncio do Ministério Público”, observa ele.

Sugestões de pautas:


Telefones: (86) 98128-9625 (Vivo) ou (86) 98815-6479(Oi) (WhatsApp)

Instagram: @jornalistaademarsousa


Nenhum comentário:

Postar um comentário