terça-feira, 12 de maio de 2020

Sistema de saúde do Piauí já caminha para colapso, alerta Governo do Estado

A média de ocupação nos leitos intensivos do Piauí por pacientes com Covid-19 está em 46,7%.


O sistema de saúde do Piauí pode entrar em colapso nos próximos dias caso a baixa adesão ao isolamento social se mantenha. O alerta é da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), que registrou um aumento 10% por dia no número de infectados pelo novo coronavírus, o que reflete na ocupação dos leitos de UTI disponíveis no estado.

A média de ocupação nos leitos intensivos do Piauí, por pacientes com Covid-19, está hoje em 46,7%. Mas com o rápido crescimento de novos casos registrados nos últimos 15 dias, ainda no mês de maio pode não haver mais vaga em UTIs em qualquer um dos 210 leitos do estado. A lotação, inclusive, já chegou em alguns locais, com o Hospital da Universidade Federal do Piauí, que possui nove leitos intensivos. No hospital particular Prontomed, o nível de ocupação é 95%.

A projeção de alta no número de infectados foi feita pelo Comitê Científico de Combate ao Coronavírus (C4) do Consórcio Nordeste, que reúne dezenas de especialistas. O pesquisador Bruno Alcoforado, doutor em Microbiologia e integrante do Grupo de Trabalho de Saúde do Comitê Gestor de Crise (CGC) da Universidade Federal do Piauí (UFPI), analisou os dados.

Bruno ressalta que a ocupação dos leitos está sendo mais rápida do que o previsto, justamente porque o isolamento social tem caído. “A taxa de isolamento, que chegou a 70% no dia 22 de março, hoje está em menos de 50% na maioria dos municípios. Em alguns, está em torno de 40%, como em Teresina, que registrou 38% na semana passada. Ao mesmo tempo, prevíamos que no dia 10 de maio teríamos 82 leitos com UTI ocupados, mas atingimos 86 na data e, no dia seguinte, já eram 98 leitos ocupados. Esse crescimento é relacionado à queda da taxa de isolamento”, avisa o especialista.

Ao observar-se os dados sobre o coronavírus desde o início da pandemia, percebe-se a gravidade. “No dia 10 de abril, o Piauí tinha apenas 40 leitos de UTI ocupados com pacientes da Covid-19. Nessa segunda-feira, 11 de maio, são 98. É mais que o dobro”, afirma Alcoforado.

Se a tendência se confirmar, os demais 112 leitos estarão todos ocupados nos próximos dias. O número de óbitos também preocupa. Nos últimos 15 dias, dobrou de 20 (dia 26 de abril) para 45 (dia 9 de maio).

O governador Wellington Dias pediu solidariedade a todos. “É uma situação que vai precisar de mais hospitais, mais vagas de UTIs e nós temos um limite. O limite de leitos, hospitais e também de profissionais em condições de atender. Então, eu preciso da colaboração de todos vocês. Agradeço aos que estão cumprindo as regras e chamo a atenção daqueles que estão descumprindo”, disse o gestor.

Segundo uma pesquisa feita pelo Instituto Amostragem, entre os dias 6 e 9 de maio, existem 17.148 pessoas infectadas (muitas sem sintomas) com a Covid-19 no Piauí, número 28 vezes maior do que o oficial registrado pela Sesapi até o dia 9, que era de 1.278. Isso significa que, na prática, para cada pessoa confirmada pela Secretaria da Saúde do Piauí, há 28 infectadas. 

Fonte: CCom


Nenhum comentário:

Postar um comentário