segunda-feira, 6 de julho de 2020

CRISE NO GRUPO LEITOA: Não convidem para o mesmo “banquete” o vereador Uilma Resende e o ex-secretário de Esportes Lucélio Mendes

Vereador Uilma Resende e o ex-secretário de Esportes, Lucélio Mendes 

Uma suposta disputa interna de redutos eleitorais dentro da própria base do Governo Luciano Leitoa está causando descontentamento em importante aliado de primeira hora. Em razão disso, por questão de segurança, não convidem para o mesmo “banquete” o ex-presidente da Câmara Municipal de Timon, vereador Uilma Resende (PDT) e o ex-secretário Municipal de Esportes, Juventude e Lazer – SEMEJ, Lucélio Mendes (PCdoB), afim de que seja evitado um duelo à base de garfadas.  

Como se sabe, Uilma Resende é peladeiro com bastante intensidade na prática do futebol amador, assim como Lucélio Mendes tem forte influência no meio por ter ocupado a pasta do esporte ao longo mais de sete anos.  E Uilma nas quatro vezes em que disputou eleições sempre obteve votos razoáveis nessa área. Moral da história: Até aí, tudo bem, se não fosse a perda de seus cabos eleitorais para o ex-secretário Lucélio Mendes que vem demonstrando força na conquista de lideranças comunitárias envolvidas com o esporte e eram eleitores declarados de Resende.

Conforme apurou o blogdoademarsousa.com.br, com base em relatos de fontes ligadas à base governista municipal, o vereador Uilma Resende anda zangado com essas investidas contra o seu quinhão de eleitores. Há quem diga que ele desconfia do aval silencioso do prefeito Luciano Leitoa (PSB) em relação as articulações. Afinal de contas, a invenção da pré-candidatura de Lucélio Mendes é da cota de Leitoa. Pelo fato de ser agora do PCdoB, Mendes não contribui na forma de ajudar Uilma na soma de votos, já que é de outro partido, o PDT. Daí, lascou!

O vereador Uilma Resende era entusiasta e defensor desde os primeiros momentos da pré-candidatura do deputado estadual Rafael Leitoa (PDT) que foi defenestrado pelo prefeito Luciano Leitoa na disputa de sua sucessão na Prefeitura de Timon. Diante disso, Uilma estaria sofrendo retaliações. Será?

O blog apurou mais detalhes deste caso envolvendo Uilma Resende e Lucélio Mendes e fará novas postagens. Agora, no tocante aos motivos que levaram o prefeito Luciano Leitoa a não escolher o deputado estadual Rafael Leitoa como pré-candidato a prefeito do grupo Leitoa é uma história que renderá novos capítulos e o blog já descobriu a razão de tal decisão em desfavor do primo e relatará aqui oportunamente doa a quem doer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário