segunda-feira, 3 de julho de 2023

Polícia Civil realiza devolução de celulares roubados e furtados em Teresina

Os aparelhos foram localizados no Piauí, Maranhão, Bahia e Pará

Fotos: Reprodução (CCom)

O Núcleo de Apoio à Repressão de Roubos e Furtos de Aparelhos Eletrônicos (NARRF) fez, nesta segunda-feira (3), a entrega de aparelhos celulares provenientes de roubos e furtos que foram localizados em Teresina, cidades do interior do Piauí e nos estados do Maranhão, Bahia e Pará.

De acordo com a coordenadora do NARRF, delegada Adília Klein, a Polícia Civil identificou 71 usuários de aparelhos celulares roubados e furtados em Teresina. Nesse primeiro momento foram restituídos dez aparelhos e no decorrer da semana outras pessoas serão chamadas para receber seus bens.

“Essa restituição só foi possível devido ao registro de boletim de ocorrência, se a vítima não tivesse feito esse procedimento, a Polícia Civil não teria como fazer a investigação. Hoje é um momento de grande satisfação porque estamos devolvendo esses aparelhos para seus donos. Vamos continuar trabalhando tanto na repressão, como na identificação dos autores desse tipo de crime”, explicou a delegada.

Randerson Vitor Sousa teve seu aparelho roubado no mês de janeiro deste ano, fez o boletim de ocorrência na delegacia virtual e na data de hoje teve seu bem restituído. “No boletim de ocorrência coloquei o modelo, IMEI para rastreio e fiquei aguardando. Quando eu menos esperava, recebi a mensagem da polícia avisando que meu aparelho havia sido encontrado. Foi um momento de grande alegria, eu recomendo que as pessoas façam o boletim porque realmente funciona”, disse.

O Secretário de Segurança Pública, Chico Lulas, ressaltou que o NARRF é uma importante política pública de segurança que foi implementada como um dos principais eixos de atuação da Polícia Civil.

“Esse crime alimenta outros crimes, como tráfico de drogas e a violência de um modo geral. Nós estamos fazendo um levantamento e a partir de agora vamos levantar todos os IMEI de celulares roubados ou furtados, já pedimos medidas cautelares através da Justiça. Atacamos aqueles que assaltam, os que revendem o produto roubado e no segundo semestre queremos convocar milhares de pessoas que compram produtos de procedência duvidosa”, pontuou o secretário.

O delegado-Geral, Luccy Keiko, informou que o trabalho de investigação está sendo intensificado com a finalidade de reduzir essa ação criminosa em todo o estado.

“É muito gratificante estar devolvendo aparelhos roubados e furtados às vítimas. O governador criou através de decreto este núcleo de apoio às investigações de roubos e furtos de celulares, justamente porque esse crime é o mais cometido. Estamos identificando os autores de roubos e os resultados estão surgindo”, concluiu Luccy Keiko.

A Polícia Civil orienta aos usuários de celulares adquiridos irregularmente que compareçam a esta Unidade Policial, apresentando, espontaneamente, o aparelho telefônico. Contato para denúncias: (86) 94330872 – Sigilo preservado. (CCom)



Nenhum comentário:

Postar um comentário