quinta-feira, 31 de março de 2022

Nomes de Carlos Brandão apontam para um governo fortemente técnico e político

Foto: Reprodução/Divulgação

Pelos nomes ventilados na imprensa maranhense para o primeiro escalão do Governo Brandão, um desenho interessante já pode ser percebido: a mesclagem de um corpo técnico com um elenco politicamente muito forte. Pressupõe-se, desta forma, a preocupação do gestor com sua reeleição, mas, sobretudo, com o compromisso de fazer um governo ainda melhor do que o atual, como tem sugerido o próprio governador Flávio Dino (PSB). 

No campo político, Sebastião Madeira (Casa Civil) e Rubens Pereira (Articulação Política) dispensam questionamentos sobre a experiência, sagacidade e conhecimento de política dos dois. Isso sem falar do simbolismo, no caso do primeiro, representante de uma região do estado que há décadas não tem um representante tão expressivo numa pasta do quilate da Casa Civil. 

Outros nomes, que apesar de estarem sendo especulados para cargos técnicos, como o do ex-governador José Reinaldo Tavares (Projetos Especiais) e Paulo Matos (Turismo), também podem ser considerados ganhos na seara política. Sem dúvida, guardadas as devidas proporções de experiências entre os dois, Carlos Brandão terá, na dupla, mais dois articuladores raiz. 

Já na parte técnica, os nomes de Luis Fernando Silva (Planejamento), Tiago Fernandes (Saúde), Aparício Bandeira (Infraestrutura), Leuzinete Silva (Educação) e Pedro Chagas (Gestão e Patrimônio) darão certamente um rumo capaz de encurtar a concretização da frase do governador Flávio Dino, que já virou mantra na boca de Brandão, sobre fazer um governo melhor do que o de Dino. 

Aguardemos! 

As informações são do Blog do Matias Marinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário