segunda-feira, 6 de junho de 2022

Saúde: Sesapi alerta para a importância da dose de reforço contra a Covid-19

Apenas 49,41% da população piauiense elegível já tomou a dose de reforço contra a Covid-19 

Superintendente Herlon Guimarães Foto: Reprodução

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) alerta à população piauiense sobre a importância da dose de reforço da vacina contra a Covid-19. Conforme dados do Boletim Epidemiológico Semanal Covid, da 22ª Semana, mais de 50% da população elegível acima de 12 anos não tomou a dose de reforço e estão com o esquema vacinal em atraso. Apenas 49,41% da população piauiense elegível já tomou a dose de reforço contra a Covid-19. 

De acordo com o superintendente de Atenção à Saúde e Municípios da Sesapi, Herlon Guimarães, a eficácia da vacina é maior com o esquema vacinal completo. “As pessoas que não receberam a dose de reforço, além de estarem mais suscetíveis à contaminação pelo vírus, podem evoluir para um quadro mais grave da doença,” esclareceu. 

O superintendente afirma que novas variantes vão surgindo e conseguindo driblar a imunidade das pessoas e, por isso, é importante a dose de reforço. O gestor confirma ainda, que aliado ao surgimento de novas variantes, a imunidade da população tem uma queda natural depois de seis meses da vacina. “Com a dose de reforço, a população consegue se manter imune à Covid-19 por mais tempo”, diz. 

As pessoas com mais de 60 anos sem a dose de reforço pertencem ao público mais vulnerável para o agravamento da doença, principalmente os que apresentam comorbidades. Segundo o secretário da Saúde, Neris Júnior, “precisamos da conscientização das pessoas para entenderem que só se vacinando vamos barrar a circulação do vírus. Com a vacina é que vamos reduzir ainda mais o número de contaminações, internações e mortes em decorrência da Covid-19”, conclui. (CCom/Sesapi)


Nenhum comentário:

Postar um comentário