ALEPI: Presidente da Comissão de Saúde recebe representantes do CRM-PI

0

Dr. Gil Carlos tratou sobre melhorias para profissionais e nos serviços prestados aos piauienses


Deputado Dr. Gil Carlos Foto: Ascom/Alepi 


O presidente da Comissão de Saúde, Educação e Cultura (CECS) da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), deputado Dr. Gil Carlos (PT), se reuniu, nesta quinta-feira (25), com representantes do CRM-PI (Conselho Regional de Medicina do Estado do Piauí). Na pauta, eles abordaram melhorias para a categoria médica que visam fornecer garantias profissionais e aperfeiçoar o atendimento oferecido à população. O encontro aconteu não sala de reuniões da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça). 


Concurso público, telemedicina e a formação dos médicos foram alguns assuntos tratados na reunião. Sobre o avanço do atendimento digital, houve consenso de que ele já é uma realidade, mas que há a necessidade de manter um controle da qualidade do serviço. “Precisamos estar atentos a essa situação para evitar distorções que tragam prejuízos para a boa prática médica e para a atenção ao paciente. Lembrando que o centro são as pessoas e não a máquina, portanto, o médico continua sendo o principal protagonista nessa relação médico-paciente para a assistência e a promoção da saúde”, destacou Dr. Gil Carlos.


O conselheiro do CRM-PI, Dr. Arquimedes Cavalcante Cardoso, reitera as atenções que devem ser dadas no avanço da telemedicina: “O Conselho Regional é um órgão de defesa da sociedade porque defende a boa prática médica e defende também a dignidade do trabalho do médico. Então, o que nós estamos querendo, a nossa preocupação, é que a telemedicina não pode ser uma única modalidade de assistência, ela não pode substituir a assistência médica. Ela vem para nos ajudar, para facilitar o acesso da população, em especial, aos especialistas médicos”.


Outra forma de garantir um melhor serviço de saúde oferecido à população é o concurso público. O presidente do CRM-PI, Dr. João Araújo Moura Fé, justificou a importância de os médicos terem maiores garantias em seus empregos: “Nós entendemos que o médico concursado tem mais garantias, têm mais obrigações também e segurança no trabalho. Todas as nossas reivindicações necessitam de boas condições de trabalho. O médico necessita que o Estado, na função do Executivo no Piauí, garanta o ingresso do médico no trabalho através do concurso público para que a prestação de saúde, a prestação da atividade médica seja garantida e estabilize o médico no interior nas cidades do interior”.


Por Nícolas Barbosa/Alepi 


Tags:

Postar um comentário

0 Comentários

Postar um comentário (0)

#buttons=(Ok, Vamos em frente!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Verifique agora
Ok, Vamos em frente!