quarta-feira, 10 de março de 2021

Márcio Sá esclarece mal-entendido em vazamento de áudio na Câmara Municipal de Timon

Vereador Márcio Sá: "não sou violento"

Em vídeo divulgado na tarde desta quarta-feira (10), o vereador Márcio Sá (PSB), da base governista municipal, esclareceu de fato a polêmica em torno do assunto mais comentado nas últimas horas em Timon, isto é, depois de ter esquecido de desligar o microfone quando participava da sessão ordinária virtual do Poder Legislativo Municipal.  É que, em determinado momento, Márcio Sá deixou escapar sua fala num diálogo ao dizer que iria “dar uma lapada” no vereador oposicionista Ulysses Waquim (PSD). Bastou a força de expressão para gerar um mal-entendido até ser esclarecido. “Por descuido deixei o microfone ligado. E falei assim: vou já ‘dar uma lapada’ no Ulysses que tinha feito duras críticas à gestão do ex-prefeito Luciano Leitoa. A bem da verdade, eu quis dizer vou ‘dar uma boa resposta”, ao invés de lapada no sentido pejorativo”, esclarece Márcio Sá.

Ele disse que não é um homem de confusão. “Não sou violento. Sou calmo e tranquilo de paz. Sou uma pessoa de Deus”, enfatizou o vereador Márcio Sá, explicando que jamais dará uma 'lapada' no colega Ulysses, mas, sempre que for necessário lhe dará boas respostas.

Ao final, o vereador Márcio Sá fez questão de esclarecer que foi eleito pelo povo de Timon para trabalhar de forma propositiva e defender o governo da prefeita Dinair Veloso, bem como os ideais do seu grupo político ao qual ele pertence.



Nenhum comentário:

Postar um comentário