Após denúncias da Equatorial, TCE-PI fiscalizará municípios com débitos em energia

0

Na ocasião, ficou decidido que documento será encaminhado ao Tribunal de Contas


Fotos: Reprodução (Ascom/TCE-PI)



O presidente do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI), conselheiro Kennedy Barros, fez uma visita institucional à Equatorial Piauí na manhã de quinta-feira (2), sendo recebido pelo presidente da instituição, Humberto Soares, que estava acompanhado do gerente de Relacionamento com o Cliente, Joaquim Milhomem, e do gerente jurídico, Caio Souza. Em pauta, a ratificação do apoio institucional do TCE junto à Equatorial, que tem apresentado ao Tribunal denúncias sobre a situação de inadimplência de alguns municípios piauienses, no que diz respeito ao débito nas tarifas de energia.


“O Tribunal se compromete a atuar junto aos municípios inadimplentes, uma vez que isso fere diretamente a Lei de Responsabilidade Fiscal. Nós também estenderemos essa atuação junto à Associação Piauiense de Municípios (APPM), à União das Câmaras Municipais do Piauí (AVEP), ao Ministério Público Estadual (MPPI) e ao Tribunal de Justiça, já que essa situação traz a iminente criação de um passivo, afetando as contas públicas”, disse o conselheiro Kennedy Barros.


O presidente da Equatorial Piauí, Humberto Soares, informou que um relatório está sendo produzido pela equipe técnica da instituição, apontando todos os municípios inadimplentes e os valores em débito. O documento será encaminhado ao Tribunal de Contas.




Na oportunidade, o presidente Kennedy Barros, que estava acompanhado do secretário Administrativo do TCE-PI, Paulo Ivan, e do chefe da Divisão de Patrimônio e Logística do Tribunal, Aurino Nunes, também visitou as dependências do Centro de Operações Integradas da Equatorial. Fonte: Ascom/TCE-PI




Tags:

Postar um comentário

0 Comentários

Postar um comentário (0)

#buttons=(Ok, Vamos em frente!) #days=(20)

Nosso site usa cookies para melhorar sua experiência. Verifique agora
Ok, Vamos em frente!